1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Futebol

Dortmund vence, mas Real avança na Liga dos Campeões

Finalistas da última edição do torneio conseguem vitória por 2 a 0, com gols de Marco Reus, mas perdem várias chances e acabam eliminados. No outro confronto do dia pelas quartas de final, Chelsea passa pelo PSG.

O Borussia Dortmund precisava repetir a façanha alcançada na Liga dos Campeões da temporada passada: derrotar o Real Madrid por três gols de diferença, para ao menos levar o jogo para a prorrogação. Acabou faltando um gol. Na noite desta terça-feira (08/04), o time alemão venceu o Real Madrid por 2 a 0 no Signal Iduna Park, mas foi eliminado do torneio nas quartas de final. Porém o milagre da classificação passou perto.

O Dortmund começou melhor na partida e tentou constantemente usar a velocidade de Marco Reus e Robert Lewandowski no comando de ataque. Ao Real restava o posicionamento mais cauteloso, já que havia vendido o primeiro jogo, em Madri, por 3 a 0.

Porém, o primeiro lance de perigo foi dos espanhóis. Após cruzamento de Fabio Coentrão, a bola resvalou no braço do lateral Lukasz Piszczek e o árbitro esloveno Damir Skomina marcou pênalti. Com a ausência de Cristiano Ronaldo – que sentiu uma lesão no joelho esquerdo e foi poupado – Di María ficou encarregado da cobrança. Roman Weidenfeller acertou o canto e manteve o zero no placar.

Fußball Champions League Viertelfinale Borussia Dortmund Real Madrid

Dortmund comemora primeiro gol

A defesa de Weidenfeller deu um gás extra para os finalistas da última Liga dos Campeões. Logo na sequência, Mkhitaryan perdeu ótima chance após bela triangulação de Grosskreutz e Marco Reus. E aos 23 minutos, a pressão do Dortmund surtiu efeito. Um lançamento longo de Manuel Friedrich pegou a defesa do Real desprevenida. Marco Reus apareceu livre na frente de Iker Casillas – que evitou cometer o pênalti – driblou o goleiro e tocou a bola entre as pernas de Sergio Ramos. Este foi o 700º gol sofrido na carreira de Casillas.

O Real continuava sem conseguir sair com qualidade de seu campo de defesa. Sergio Ramos e Xabi Alonso resolviam os problemas defensivos com faltas duras e Pepe tentava com intimidações conseguir um alívio para a linha defensiva madrilenha. Em vão. Marco Reus em noite inspirada, roubou a bola do experiente Xabi Alonso, partiu em direção à área e tocou livre para Lewandowski. O polonês acertou a trave e a bola sobrou limpa para Reus completar e anotar o segundo gol da partida. 2 a 0 no intervalo e a apreensão do treinador galático Carlo Ancelotti e de Cristiano Ronaldo no banco de reservas era bem visível.

O intervalo fez bem ao Real, que voltou mais concentrado na partida. Bale, por duas vezes, parou em Weidenfeller. Aos 15 minutos, Benzema teve a chance de ouro para definir a classificação do Real, quando recebeu a bola na entrada da área, driblou Weidenfeller, mas foi desarmado com um carrinho perfeito do zagueiro Mats Hummels. O Dortmund, que até este momento estava passivo em campo, acordou. Em bela enfiada de bola, Mkhitaryan driblou Casillas, mas acertou a trave. No rebote, Grosskreuz isolou.

Daí em diante, o Dortmund desperdiçou seguidamente grandes chances. Casillas fechou o gol e garantiu a classificação madrilenha para as semifinais da Liga dos Campeões.

Um dos jovens talentos de Dortmund, o volante Oliver Kirch, foi um dos mais aplaudidos ao final da partida. "Não dava para a gente fazer mais do que fizemos. E mesmo assim estamos eliminados. No intervalo acreditávamos que era possível. Depois do ótimo primeiro tempo, a gente viu que dava pra fazer quatro ou cinco gols", desabafou.

No Stamford Bridge, em Londres, o Chelsea derrotou o Paris Saint-Germain por 2 a 0 e conseguiu a classificação para as semifinais. No resultado agregado, placar de 3 a 3, mas o Chelsea havia feito um gol na capital francesa. Marcaram para os ingleses o alemão André Schürrle, após assistência de David Luiz, e o senegalês Demba Ba, a três minutos do apito final.

Fußball Champions League Viertelfinale Borussia Dortmund Real Madrid

O goleiro alemão Weidenfeller pega pênalti de Di María e mantém esperança de classificação

Ficha técnica

Borussia Dortmund 2 x 0 Real Madrid

Local: Signal Iduna Park – Dortmund

Gols: Marco Reus (23'/1T e 36'/1T)

Cartões amarelos: Sergio Ramos (26'/1T), Xabi Alonso (30'/1T), Daniel Carvajal (22'/2T), Marco Reus (29'/2T), Pierre-Emerick Aubameyang (36'/2T), Casemiro (37'/2T) e Karim Benzema (46'/2T)

Arbitragem: Damir Skomina (Eslovênia), auxiliado por Bojan Ul (Eslovênia) e Gianluca Cariolato (Itália).

Borussia Dortmund: Roman Weidenfeller; Łukasz Piszczek (Pierre-Emerick Aubameyang 35'/2T), Manuel Friedrich, Mats Hummels e Erik Durm; Miloš Jojić e Oliver Kirch; Henrikh Mkhitaryan; Kevin Grosskreuz, Marco Reus e Robert Lewandowski. Técnico: Jürgen Klopp.

Real Madrid: Iker Casillas; Daniel Carvajal, Pepe, Sergio Ramos e Fábio Coentão; Xabi Alonso; Asier Illarramendi (Isco 1'/2T) e Luka Modrić; Ángel Di María (Casemiro 27'/2T), Gareth Bale e Karim Benzema (Raphael Varane 46'/2T). Técnico: Carlo Ancelotti.

Leia mais