1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Mundo

Dois mortos em operação antiterrorismo no norte de Paris

Polícia cerca apartamento em Saint-Denis para tentar prender Abdelhamid Abaaoud, suposto cérebro dos atentados de 13 de Novembro. Duas pessoas morrem, incluindo uma mulher que detonou uma vestimenta explosiva.

default

Operação no subúrbio de Saint-Denis

A polícia de Paris conduziu na madrugada e manhã desta quarta-feira (18/11) uma operação policial em Saint-Denis, no norte da capital francesa. Segundo policiais, o objetivo era a captura do suposto cérebro dos atentados de 13 de Novembro, o belga Abdelhamid Abaaoud, de 27 anos.

De acordo com as autoridades, o alvo da operação era um grupo de cerca de cinco pessoas que estavam entrincheiradas num apartamento em Saint-Denis, mesma região onde fica o estádio Stade de France, um dos alvos dos ataques. Uma delas seria Abaaoud, mas essa informação ainda não foi confirmada. Os suspeitos estavam fortemente armados.

Segundo a polícia, dois suspeitos morreram na operação, incluindo uma mulher que detonou uma vestimenta com explosivos. Ao menos cinco policiais ficaram feridos e três pessoas foram presas no apartamento e duas em residências vizinhas. Além disso, um homem e uma mulher foram detidos nas proximidades do local.

"É impossível dizer agora quem foi detido. Estamos verificando isso. Tudo será feito para esclarecer quem é quem", disse o procurador da República de Paris, François Molins, após o fim da operação.

A área onde ocorreu a operação policial foi interditada. Houve tiroteios, e cinco policiais ficaram feridos. Os disparos, que começaram por volta das 4:30 (horário local, 1:30 em Brasília), aconteceram junto à praça Jean Jaures, muito próxima da histórica basílica gótica onde estão enterrados vários reis franceses.

Moradores das área disseram ter ouvido várias explosões no meio da madrugada, seguidas de uma intensa troca de tiros de cerca de uma hora. Cerca de duas horas depois do início da operação, novamente foram ouvidas várias explosões, que pareciam ser de granadas.

A operação durou cerca de sete horas.

FF/AS/lusa/afp/dpa

Frankreich Schießerei bei Polizeiaktion in Saint-Denis Paris

Área da operação foi isolada pela polícia