1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Ciência e Saúde

Dois ciclones atingem o norte da Austrália

Tempestade mais forte alcança categoria 5 e pega o estado de Queensland de surpresa. Ventos de até 285 quilômetros por hora derrubam árvores, destroem casas e deixam cerca de 48 mil pessoas sem energia.

Dois fortes ciclones atingiram a Austrália nesta sexta-feira (20/02), destruindo casas, derrubando árvores e causando interrupções na rede elétrica e enchentes. O ciclone Marcia, mais intenso, atingiu o estado de Queensland, no nordeste do país, e o Lam, uma área remota no Território do Norte. Não há registro de mortos ou feridos.

Dezenas de milhares de pessoas buscaram abrigo em locais seguros diante da chegada do Marcia, que pegou Queensland de surpresa. O ciclone ganhou força poucas horas antes de atingir o continente, chegando à categoria 5, a mais alta.

Os serviços de emergência tiveram que agir rapidamente para evacuar milhares de residências no trajeto do ciclone, que provocou ventos de até 285 quilômetros por hora.

Linhas ferroviárias e portos marítimos, de grande importância para a economia de Queensland, tiveram que interromper suas atividades. Também foram fechadas mais de 130 escolas e mais de 40 creches.

"Fiquem em casa, refugiem-se no cômodo mais seguro e esperem a tempestade passar", alertou o comissário-assistente dos Serviços de Incêndio e Emergências de Queensland, John Watson, após a tempestade atingir a cidade costeira de Rockhampton e se dirigir para Brisbane, a terceira maior cidade australiana.

Australien Wetter Zyklon Marcia hat Bundesstaat Queensland erreicht

Ciclone Marcia derrubou árvores e causou interrupções na rede elétrica em Queensland

Watson afirmou que cerca de 48 mil residências ficaram sem energia elétrica. Além disso, em algumas áreas, ainda é perigoso demais iniciar os reparos em meio a linhas de energia rompidas e enchentes.

Meteorologistas anunciaram que os ventos já diminuíram e que o Marcia foi rebaixado para a categoria 2. Ainda assim, as autoridades alertam que as chuvas fortes e enchentes devem continuar por vários dias, atingindo também o interior do país.

O ciclone Marcia ameaça afetar mais de 10% da safra de açúcar da Austrália. A expectativa é que o terceiro maior exportador de açúcar bruto no mundo produza 4,6 milhões de toneladas em 2015.

O Lam, de intensidade menor que o Marcia, provocou ventos de 110 quilômetros e rajadas de até 155 quilômetros por hora. O ciclone causou prejuízos a comunidades aborígenes perto da ilha de Elcho, a cerca de 500 quilômetros de Darwin, capital do Território do Norte, um dos seis estados da Austrália.

Após atingir a costa norte do país, o Lam perdeu força ao avançar em direção ao interior. A tempestade continua causando chuvas fortes, mas não tem mais intensidade suficiente para ser considerada um ciclone, segundo as autoridades.

RC/rtr/dpa/afp

Leia mais