1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Alemanha

Diversidade caracteriza a gastronomia alemã

As receitas levadas pelos imigrantes alemães ao Brasil representam, em parte, a culinária tradicional do país. Hoje, a gastronomia da Alemanha vai muito além dos pratos típicos conhecidos.

default

Chucrute: um dos pratos típicos alemães mais conhecidos no Brasil

A Alemanha é um país de diversidades, tanto nas marcas de cerveja – mais de cinco mil do Mar do Norte até os Alpes –, quanto no dialeto e temperamento de seus moradores, que variam de acordo com a região. O que muitas pessoas ainda não sabem é que essa heterogeneidade também se faz presente na culinária.

A gastronomia alemã vai muito além do chucrute, das "cucas" (da palavra alemã Kuchen, bolo) e das salsichas acompanhadas pelos mais diferentes tipos de mostarda. Cada região tem suas próprias especialidades, preparadas a partir dos recursos disponíveis.

Uma culinária autêntica e tradicional

Schweinebraten mit Semmelknödel

Carne de porco faz sucesso entre os alemães

Além da carne de porco e das batatas, consumidas com mais frequência por serem produtos baratos e de fácil acesso o ano todo, existem muitos outros que fazem parte do cotidiano dos alemães e que tornam a culinária do país autêntica e tradicional.

Depois do porco, as carnes mais consumidas são a de frango, vitelo, gado, javali e veado – as duas últimas, em geral, provenientes da caça. Há, ainda, variedades de almôndegas de carne, batata e farinha ( Knödel), sem contar os tipos de massas Spätzle e Schupfnudeln servidos como acompanhamento.

O queijo e a manteiga também fazem parte da alimentação diária, como ressalta o chef alemão Heiko Grabolle: "A necessidade de se alimentar com estes produtos, muitas vezes considerados pesados pelos brasileiros, se dá pelos longos invernos e a experiência dos tempos difíceis de guerra e pós-guerra. Hoje, a culinária alemã procura ser mais leve e saudável", diz Grabolle, que integra a Associação dos Chefes Alemães e a Associação Brasileira de Alta Gastronomia.

As regiões

Como na Alemanha existe o hábito de se aproveitar ao máximo os alimentos, cada receita é influenciada pela vegetação e clima local. Por isso, os pratos típicos de cada região revelam muito sobre os hábitos de vida dos seus moradores.

Conheça agora algumas das receitas tradicionais da Alemanha, relacionadas por Grabolle de acordo com as suas regiões de origem. Os ingredientes e o modo de preparo de algumas delas podem ser conferidos na galeria de fotos no final do texto.

Ao longo do Reno

Um dos pratos famosos da região do Reno é o Sauerbraten – carne assada com vinho e vinagre. A receita com mexilhões cozidos em nata e vinho branco também é típica da região, assim como a especialidade Himmel und Erde, feita com morcilha escura com purê de batatas e maçã.

Baviera

Bayrische Weisswurst und Brezel

O Brezel é encontrado na maioria dos restaurantes da Baviera

A salsicha branca com mostarda doce e o Brezel (Pretzel, em português) – pão em forma de nó – são servidos em praticamente todos os restaurantes da Baviera.

A carne de porco assada com uma crosta crocante ( Schweinsbraten) e as panquecas de batata servidas com purê de maçã e salada de repolho, encontram-se entre as especialidades.

Sudoeste

Já no sudoeste, as batatas, salsichas, carnes, peixes, legumes e verduras não faltam no cardápio. No extremo sudoeste, a cozinha sofre influência da França, devido à proximidade com o estado da Alsácia.

A carne de veado à moda Baden-Baden e a pizza alemã com bacon e cebola ( Flammkuchen) destacam-se entre as preferências dos moradores. A truta e a carpa também são opções clássicas.

Hessen

O Handkäs mit Musik – queijo moldado a mão – é característico da região. O molho verde, servido com panquecas recheadas com salmão defumado ( Pfannkuchen mit Räucherlachs) é mais uma das especialidades locais.

"Aproveitar a culinária típica do sul de Hessen significa jantar em uma das tabernas tradicionais de Frankfurt, degustar vinho de maçã e pedir alguns dos pratos feitos de salsichas à base de porco", destaca o chefe alemão Grabolle.

Nordeste

24.12.2004 euromaxx quizA Eisbein.jpg

O joelho de porco cozido também é prato tradicional de Berlim

A cozinha do nordeste da Alemanha (Mecklemburgo-Pomerânia Ocidental, Brandemburgo e Berlim) sofre influência da região prussiana da Silésia (hoje Polônia), com receitas como o Königsberger Klopse, almôndegas de carne em molho de raiz forte, limão e alcaparras.

Já típico de Berlim é o Eisbein, joelho de porco cozido, e a Boulette, almôndega grande de carne servida com pão branco e mostarda. Nos estados de Mecklemburgo-Pomerânia Ocidental e Brandemburgo são consumidos vários tipos de peixes, como lúcios, percas e trutas frescas.

Norte e noroeste

Os estados do norte e do noroeste da Alemanha (Baixa Saxônia, Bremen, Hamburgo e Schleswig-Holstein) caracterizam-se pela proximidade com o mar. Por isso, há muitos pratos elaborados à base de peixes, mariscos e camarões miúdos.

O Matjes, feito de filé de arenque temperado com vinagre, sal, louro e cebola, tem muitos apreciadores na região. Já entre as sobremesas, uma das tradicionais é a geléia de frutas vermelhas (Rote Grütze), servida com molho cremoso de baunilha.

Saxônia, Saxônia-Anhalt e Turíngia

Também nesta região do leste do país, salsichas e outros embutidos são oferecidos em todos os tipos e formas – defumados, salgados, cozidos etc. As confeitarias vendem iguarias como o Baumkuchen, bolo de mil lâminas feito a mão. Na primavera européia, por ser época de colheita do aspargo, come-se o legume com molho holandês e batatas.

Autora: Caroline Eidt

Revisão: Roselaine Wandscheer

Leia mais