1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Esporte

Disputa acirrada atrás do Bayern

Oito clubes estão na briga pela vice-liderança da Bundesliga. Com larga vantagem, o Bayern de Munique não tem o que temer neste fim de semana. Ou tem? Seu ex-capitão Effenberg estará do outro lado e sonha com vingança.

default

Effenberg era a fera do Bayern, do qual espera fazer carniça na 13ª rodada

Apesar da disputa acirrada pelo segundo lugar no Campeonato Alemão, o Estádio Olímpico de Munique atrai as atenções neste fim de semana por sediar o primeiro duelo entre o líder Bayern e seu ex-capitão Stefan Effenberg. Dispensado pelos bávaros ao fim da temporada passada, o polêmico armador de 34 anos vem dando maior vibração ao meio-campo do Wolfsburg e está ansioso por mostrar a seus ex-patrões que ainda tem condições de jogar bom futebol e comandar uma equipe em campo.

Se durante muitos anos ele foi o motor do Bayern, agora seus ex-colegas Élber, Scholl, Kahn & Cia terão de encarar o feroz Effenberg como adversário. "Queremos ganhar", afirma o ex-capitão. "Stefan será bem-vindo, mas os pontos ficam aqui", responde Ottmar Hitzfeld, técnico do Bayern, que não vive seus melhores dias.

Effenberg tem consciência de que, apesar da má fase de seu ex-clube, o favoritismo cabe aos bávaros. "Mesmo que a gente ganhe, o Bayern será o campeão", diz o armador, reafirmando a definição que dera há dois anos ao Campeonato Alemão: uma competição peculiar em que todos os times brigam pelo título, mas que no fim das contas sempre acaba com o Bayern.

Wolfsburg pressionado - Se nem mesmo uma derrota pode arrancar do recordista de títulos da Alemanha a liderança isolada do campeonato, somar ponto(s) em Munique é indispensável para as pretensões do Wolfburg de manter-se entre os líderes. Apenas dois pontos separam o atual nono colocado do vice-líder Borussia Dortmund. O time de Amoroso, por sua vez, defende sua posição em casa contra o concorrente 1860 Munique, em quinto lugar. Na disputa pelo status de perseguidor do Bayern, o Bochum – a grande surpresa da temporada – recebe o também candidato Schalke.

Os demais três clubes que tentam reaproximar-se do líder têm adversários da segunda metade da tabela de pontuação. O Stuttgart vai a Rostock enfrentar o Hansa, que após desfrutar da vice-liderança no início da temporada agora sofre com o risco de cair na zona de rebaixamento. Eliminado na Copa da Uefa, o Werder Bremen tem a chance de reanimar seu astral contra o Kaiserslautern, penúltimo colocado.

Já o Hertha Berlim vai a Hanôver encarar o fantasma da temporada. Desde que contratou o atacante Bobic (ex-Seleção Alemã), o Hannover 96 vem roubando pontos preciosos dos líderes (Bayern de Munique, Bochum, Werder Bremen e Wolfsburg – o Borussia Dortmund escapou deste vexame).

Leia mais