1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Cultura

Dismaland, a anti-Disneylândia britânica

No balneário britânico de Weston-super-Mare, o artista misterioso Banksy se vale de uma paródia "sombria" de um parque de diversões para fazer aquilo de que mais gosta: provocar.

Com um castelo, um carrossel e uma roda-gigante, Dismaland parece, de longe, ser um lugar perfeito para levar as crianças. Mas aqui elas não podem entrar. O criador do parque temático, o artista britânico Banksy, já havia avisado antes que o local não é adequado para as famílias. Construído em uma piscina à beira-mar, o projeto fica no balneário de Weston-super-Mare, no sudoeste inglês. "Quando era criança, eu adorava o 'Tropicana' – resort que, antes, ficava no local –, por isso, é uma verdadeira honra poder reabrir o espaço", diz o artista.

O parque temático fica aberto durante cinco semanas, desde sábado (23/08) até o dia 27 de setembro. Lá, os visitantes não encontram um mundo asséptico e bem-cuidado, mas justamente o contrário. Em inglês, "dismal" significa "desolado", "sombrio". Logo, Dismaland é uma paródia tenebrosa da Disneylândia ou uma anti-Disneylândia. "Pode-se dizer que é um parque temático cujo tema é: parques temáticos precisam possuir temas maiores", declarou Banksy à emissora BBC.

Alusões e referências

Bildergalerie Banksy Dismaland England Weston super Mare

Açougueiro no carrossel: parquinho que não é recomendado para crianças

No parque de Banksy, as princesas iriam sair correndo desesperadas, ao dar de cara com o aterrorizante castelo ou ao perceber o ônibus de polícia enterrado pela metade no lago de Dismaland. Alguns passos dali, uma mulher é atacada por gaivotas em um banco – o que pode ser tanto uma homenagem à obra-prima Os Pássaros, de Alfred Hitchcock, quanto uma alusão à praga aviária que tem assolado a Inglaterra. No carrossel pintado com cores vibrantes, um homem vestido como açougueiro está sentado sobre caixotes de lasanha. Com ele, voltam à memória imagens do escândalo sobre carne de cavalo, ocorrido na Europa em 2013. Também há a baleia saindo de uma privada, um cogumelo atômico e a escultura de um barco de refugiados. Dessa forma, Banksy retoma, com justiça, a fama de provocador.

Identidade misteriosa

Mesmo sendo conhecido em todo mundo, o artista urbano ainda mantém a sua identidade em segredo. Muitas pessoas afirmam que por trás do nome se esconde um coletivo artístico. Porém, essa tese nunca foi confirmada. O mais provável é que Banksy tenha nascido em Bristol. Desde adolescente, o artista pinta graffitis pelos muros da cidade britânica. Na época, ele chegou mesmo a ser perseguido pela polícia. O artista só ficou conhecido no mundo da arte nos anos 1990. Então galerista de Banksy, Steve Lazarides contou, em entrevista ao diário alemão Süddeutsche Zeitung, que as primeiras obras do artista foram vendidas por 50 libras. Hoje, elas são avaliadas em 500 mil libras.

Bildergalerie Banksy Dismaland England Weston super Mare

Baleia saindo de vaso sanitário: segundo artista, obras precisam do público para se completarem

O artista misterioso já chegou a expor clandestinamente suas obra socialmente críticas em museus. De repente, as obras de Banksy apareceram na Tate Gallery, em Londres, e no Louvre, em Paris. Se na época a "performance" foi considerada uma afronta, hoje museus e colecionadores disputam quase a tapas os trabalhos do artista. Banksy não precisa nem mesmo de um galerista. Quando um grafitti do britânico surge em um muro qualquer, toda a divulgação fica por conta da mídia – aí, existe o risco de vândalos arrancarem pedaços da obra para diminuir o valor. Em 2010, a revista Time publicou uma lista das 100 personalidades mais influentes do mundo. Ao lado de nomes como Barack Obama, Steve Jobs e Lady Gaga, estava Banksy.

Projeto secreto

Se Banksy não gosta de fazer marketing pessoal, o mesmo não pode ser dito para sua atitude em relação a suas obras e suas mensagens de crítica social. Mesmo assim, o projeto em Weston-super-Mare foi mantido em segredo por um bom tempo. Durante meses, os moradores do balneário inglês se perguntavam o que estava sendo construído por trás dos muros da piscina abandonada. Na administração municipal, só quatro pessoas ficaram sabendo do projeto de antemão. Segundo a BBC, os moradores acreditavam que um filme de Hollywood estava sendo rodado no local.

Bildergalerie Banksy Dismaland England Weston super Mare

Mulher atacada por gaivotas em banco de praça: homenagem a filme de Hitchcock?

Outros artistas

O segredo só foi revelado quatro dias antes da inauguração. Além de Banksy, os visitantes do parque podem apreciar obras de 60 artistas, de 17 países, entre eles nomes famosos como Damien Hirst e Jenny Holzer. Antes mesmo de ser aberto, Dismaland já é um sucesso de público. Na internet, a procura por ingressos é imensa.

Banksy deseja que os visitantes interajam com as obras expostas. "A baleia que pula do vaso sanitário, por exemplo, precisa de pessoas se fotogrando boquiabertas em frente a ela para se tornar uma obra de arte completa", afirmou o artista.