1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Cultura

Disco de vinil é um dos presentes favoritos no Natal alemão

Moda dos discos de vinil segue forte na Alemanha e vira tendência também no Natal. Só nos primeiros dez meses do ano, venda de "bolachões" chegou a 1,4 milhão de unidades.

Febre vintage no fim de ano: numa pesquisa feita pela Associação da Indústria Musical Alemã (BVMI, na sigla em alemão), um em cada quatro entrevistados disse que iria se alegrar em receber um vinil como presente de Natal.

O fenômeno é confirmado pelas tendências de vendas do varejista online Amazon. Vinis e toca-discos estão sendo um grande sucesso nas compras natalinas deste ano, segundo uma porta-voz da empresa.

Assistir ao vídeo 04:50

Todo o charme do disco de vinil

O sucesso do vinil no período de Natal reflete uma ascensão que já dura vários meses. Embora a participação de mercado de 3,1% seja relativamente modesta – em comparação com outros formatos, como o CD –, o crescimento é enorme, de acordo com a BVMI. Em 2014, 1,8 milhão de vinis foram comprados na Alemanha, quantidade que não era alcançada desde 1992.

O diretor-gerente da BVMI, Florian Drücke, disse que não sabe explicar os motivos da atual febre do vinil. "Só podemos conjecturar o que exatamente foi a faísca para esse crescimento, justamente num momento em que todos os sinais apontavam para a música digital, a partir do CD, via download ou até streaming", disse.

O palpite dele: talvez seja o desejo de desaceleração num mundo cada vez mais rápido e digitalizado em cada vez mais áreas do cotidiano. Embora a causa não esteja clara, o fim da tendência não está à vista: em 2015 foram vendidos cerca de 1,4 milhão de vinis somente nos primeiros dez meses – cerca de 25% a mais do que no mesmo período do ano anterior.

PV/dpa/ots

Leia mais

Áudios e vídeos relacionados