1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Mundo

Dimitri Medvedev, a sombra política de Putin

Tido como homem de confiança de Vladimir Putin e sugerido por este como seu sucessor, o jurista é visto desde já como futuro presidente da Rússia.

default

Vitória em 2 de março é praticamente certa: Dimitri Medvedev

Quem visita o site de Dimitri Medvedev vê um político simpático, juvenil, que sabe como transmitir uma imagem positiva de si próprio. Em mais de 250 fotografias, Medvedev apresenta-se trabalhando concentrado, visitando hospitais e creches, no ofício religioso de Natal ao lado da esposa Svetlana, e repetidamente ao lado do presidente Vladimir Putin.

Em relação ao rumo político que Medvedev pretende tomar como presidente, não existe dúvida nenhuma. Já em dezembro de 2007, ao ser nomeado candidato à presidência, ele acentuou que a continuidade seria sua prioridade. A linha atual teria preservado a Rússia "tanto de um colapso financeiro e político como também de uma guerra civil. Essa é a linha do presidente Putin".

Homem de confiança

Dimitri Medvedev é tido como homem de confiança de Vladimir Putin e conta com seu apoio total. Os dois políticos se conhecem desde a década de 1990, quando atuavam juntos em São Petersburgo. Foi Putin que levou Medvedev para Moscou em 1999, como coordenador de sua campanha eleitoral.

Medwedew und Putin

Mentor político do jurista: Vladimir Putin

Não demorou para que o jurista fizesse carreira na capital: Dimitri Medvedev tornou-se presidente da estatal de energia Gazprom, chefe de gabinete no Kremlin e, finalmente, em novembro de 2005, primeiro vice-primeiro-ministro do governo russo. Nesta função, ocupa-se em primeira linha de projetos de prestígio, tais como construção de moradias, saúde pública e educação – setores especialmente fomentados pelo Estado com o intuito de melhorar as condições sociais da população.

Chovem elogios

A experiência adquirida por Medvedev no exercício dessas tarefas o recomenda para missões superiores. Os políticos leais ao governo concordam quanto a isso – à frente de todos, seu mentor Putin. "Dimitri Anatolevitch Medvedev é uma pessoa absolutamente honrada e digna. Trabalhou em muitos setores importantes que não são simples", afirma o presidente.

Medvedev é um ótimo jurista, profundo conhecedor não apenas do direito civil como também do direito internacional, segundo Serguei Mironov, presidente do Conselho da Federação Russa e chefe do Rússia Justa, partido leal ao governo. "Além disso, ele entende muito de defesa e de segurança interna. Em resumo: é um profissional."

Candidatos da oposição sem chances

Mas será que o protegido de Putin só tem mesmo qualidades positivas? A imagem radiante do candidato ideal tem um arranhão, pois já que é praticamente certo que Medvedev ganhará a eleição em 2 de março. Mal se toma conhecimento dos demais candidatos; praticamente não existe uma competição genuinamente democrática.

Dimitri Medvedev já domina hoje o noticiário na mídia russa em sua condição de vice-primeiro-ministro e de candidato à presidência. E ninguém duvida de que continuará dominando no futuro, como presidente da Federação Russa.

Leia mais