1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Brasil

Dilma discute manifestações com prefeitos, governadores e líderes de protestos

Após prometer reunião com movimentos sociais na última semana, Dilma receberá Movimento Passe Livre (MPL). Nesta segunda-feira, a presidente se reúne também com prefeitos para discutir melhoria dos serviços públicos.

A presidente brasileira Dilma Rousseff tem reuniões marcadas para esta segunda-feira (24/06) com governadores e prefeitos das capitais, além de ter encontros previstos com líderes dos protestos que, há mais de uma semana, acontecem em cidades de todo o Brasil. A informação é da Agência Brasil.

No início da tarde, Dilma deverá receber representantes do Movimento Passe Livre (MPL) de São Paulo, organizador dos primeiros protestos, e depois se reunirá com os governadores e prefeitos das capitais para discutir a questão do transporte público – o aumento da tarifa do setor de R$ 3,00 para R$ 3,20 em São Paulo foi o estopim das manifestações.

Reajustes como este acabaram sendo revogados em São Paulo e outras cidades do país na semana passada depois da ampliação dos protestos e da lista de exigências dos manifestantes, que agora se volta para pedidos por mais investimentos em infraestrutura, saúde, educação, combate à corrupção e também contra os gastos excessivos com eventos esportivos internacionais.

Dilma fez pronunciamento na semana passada propondo reuniões com líderes dos protestos e um Pacto Nacional para melhoria dos serviços públicos. Os encontros de hoje serão os primeiros que discutirão o pacto, cujo objetivo é elaborar um Plano Nacional de Mobilidade Urbana.

Segundo a imprensa brasileira, Dilma receberá representantes de movimentos sociais para mostrar que está aberta ao diálogo. "Vou receber os líderes de manifestações pacíficas, de sindicatos e associações populares", prometeu Dilma no discurso. Os prefeitos das cidades poderão pedir uma diminuição de impostos sobre o transporte público.

Brasilien Belo Horizonte Polizei Proteste Demonstration 22.06.2013

Protesto contra corrupção e aumento de preços em Belo Horizonte (22/06)

Os protestos pelo país devem continuar nesta semana. O MPL anunciou para esta terça-feira uma nova manifestação. A central sindical CSP-Conlutas, formada por integrantes de movimentos sociais e pelos partidos Partido Socialismo e Liberdade (PSOL) e Partido Socialista dos Trabalhadores Unificados (PSTU), marcou uma greve nacional para quinta-feira e espera a adesão de metalúrgicos, professores, funcionários públicos, trabalhadores rurais e da construção civil.

No Distrito Federal, segundo a Agência Brasil, há manifestação marcada em Taguatinga, maior cidade dos arredores do Plano Piloto. A concentração está prevista para as 14 horas. No Rio de Janeiro, deverá haver manifestação na tarde desta segunda-feira.

Mensagens difundidas pela rede social Facebook e pelo microblog Twitter apelam a uma greve geral no dia 1º de julho, um dia depois da final, no Rio de Janeiro, da Copa das Confederações, torneio considerado um ensaio geral para a Copa do Mundo de futebol que o Brasil sediará em 2014.

CN/lusa/afp

BrasilienNGO Rio de Paz friedlicher Protest Fußball Kinder 22.06.2013

ONG Rio de Paz faz instalação na praia de Copacabana para exigir educação, saúde e serviços públicos "com qualidade FIFA"

Leia mais