DIEGO E RAFINHA VÃO A PEQUIM | Escreva sua opinião, comentários, críticas ou sugestões | DW | 26.07.2008
  1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Sua Opinião

DIEGO E RAFINHA VÃO A PEQUIM

Os temas comentados por nossos leitores esta semana foram: participação de Diego e Rafinha nos Jogos Olímpicos, Rodada de Doha, esperanto na internet, energia eólica e transporte fluvial. Não deixe de ler, vale a pena!

default

Grande Diego! Espero que faça uma grande olimpíada. A Fifa deve ficar ao lado do clube, pois a entidade faz tudo para que o futebol olímpico não se rivalize com a Copa do Mundo. Por outro lado, o COI não libera outras modalidades, como o futsal e o futebol de areia, em retaliação ao comportamento da Fifa. E quem perde? Primeiro os atletas de outras modalidades de futebol que não têm a oportunidade de competir uma olimpíada que é o momento maior do esporte mundial, depois os jogadores de futebol de campo masculino, que são colocados contra a parede pelo próprio país e pelos clubes, tendo que decidir em desagradar os patrões ou desagradar o país. E em terceiro somos nós, que perdemos a oportunidade de assistir a uma olimpíada com os grandes nomes do futebol, uma olimpíada com futsal, com futebol de areia, e talvez (por que não?) com o futvôlei!
José

Parabenizo Diego e Rafinha pela lealdade ao futebol brasileiro. Não sei onde possam estar errados com a decisão de atender a convocação de Dunga, pois eu sempre soube que a Fifa tem esta regra de ouro em permitir que tal se cumpra. Faço votos de que o bom senso prevaleça e nossos atletas brasileiros possam cumprir sua missão, para alegria de todos nós.
Maria Aparecida Neubaner Luiz


ESPERANTO NA INTERNET
Saudações. Sou esperantista desde 1999 e fico não só feliz, como agradecido, quando veículos de comunicação decidem apresentar a realidade do esperanto como ela é. Ou seja, uma língua viva, crescente e com uma comunidade de falantes de abrangência significativa. Portanto, pararabenizo aqui o autor da matéria pela excelente iniciativa, na certeza de que, com o passar do tempo (como já vem ocorrendo) teremos cada vez mais gente interessada em aprendê-lo e comunicadores não preconceituosos para divulgá-la. Do, frantan brakumon kaj gratulon!!
Leonardo Janz

RODADA DE DOHA
Na minha modesta opinião, acredito que poderá ter início um acordo viável e decisivo, quando Mr. Bush e Mr. Pascal ou seus sucessores e representados deixarem de pensar e agir como se os países em desenvolvimento fossem seus territórios coloniais a exemplo do que ocorria entre o início dos séculos 16 e meados do século 20.
Luis Oliveira de Brito

ENERGIA EÓLICA
Sou um entusiasta do uso de energias alternativas. Fiz inclusive, para meu uso, um aquecedor solar de água para chuveiro, que uso há dois anos. Fiquei felicíssimo ao ler que a Alemanha está incentivando o projeto de usinas eólicas em alto mar. Parabéns! Seria bom se os brasileiros abandonassem a idéia de instalar usinas nucleares (!!!) e pensassem em energia eólica, solar e outras não poluentes.
Fioravante Furlaneto

TRANSPORTE FLUVIAL
Chega a ser vergonhoso, quando comparamos os trechos navegáveis do Brasil com relação à navegabilidade nos rios alemães. Por um lado, o Estado brasileiro se omitiu, deixando de estabelecer uma política forte, séria e sustentável, ao longo de décadas, o que gerou uma estrutura deficiente. Na Alemanha, o aproveitamento é amplo. No caso do Brasil, é incipiente. Apesar de termos milhares de quilômetros navegáveis, ainda não exploramos este meio de transporte, essencial para o desenvolvimento de um país. É uma das alternativas mais econômicas quando o assunto é transporte. Precisamos melhorar, desenvolver e transformar o nosso transporte fluvial, seguir exemplos vitoriosos, racionais e inteligentes, como é o caso da malha fluvial alemã, uma das maiores e mais modernas do mundo.
Ivan Rufino dos Reis

Leia mais