1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Esporte

Diego dá show após prorrogar contrato

Meia brasileiro comanda goleada de 4 a 1 do Werder Bremen sobre o Stuttgart. Bayern de Munique derrota Karlsruhe pelo mesmo placar e confirma liderança. Lanterna Energie Cottbus demite técnico.

default

Diego já garantiu seu lugar na história do Werder Bremen

Depois da estréia decepcionante dos clubes alemães nos campeonatos europeus, na semana passada, a 6ª rodada da Bundesliga, no sábado e no domingo (22 e 23/09), confirmou a liderança do Bayern na tabela, consumou a primeira demissão de um técnico nessa temporada e teve Diego como destaque.

O meia brasileiro, que descartou uma suposta oferta do Real Madrid e prorrogou seu contrato com o Werder Bremen por um ano até 2011, deu um show de bola e comandou a vitória de 4 a 1 de sua equipe sobre o campeão alemão Stuttgart, no principal jogo da rodada.

Assediado pela imprensa e festejado pela torcida já antes da partida em Bremen, Diego justificou a prorrogação do contrato com um argumento muito simples: "Quando se trabalha com sucesso com uma equipe, deve-se dar continuidade a isso".

Inspirado como nunca, ele entortou a defesa do Stuttgart com dribles que lembraram jogadores do calibre de um Garrincha, preparou dois gols e fechou a goleada, depois de levar os locutores alemães à euforia ao quase marcar um gol de bicicleta.

Estrelas do Bayern brilham

Fußball Bundesliga Karlsruher SC - Bayern München Ze Roberto

Zé Roberto fechou o placar do Bayern contra o Karlsruhe

Já as novas estrelas do Bayern de Munique, que conseguiram apenas uma vitória apertada (1 a 0) contra Belenenses de Lisboa, pela Copa da Uefa, melhoraram a pontaria no domingo. Os atacantes Lucca Toni e Klose, bem como os meio-campistas Altintop e Zé Roberto (que só entrou no segundo tempo), marcaram os gols da vitória de 4 a 1 sobre o Karlsruhe – clube em que o goleiro Oliver Kahn, do Bayern, iniciou sua carreira no futebol profissional.

Com esse resultado, o Bayern voltou ao topo da tabela, com 14 pontos, dois à frente do Hertha Berlim, que assumira a liderança momentânea no sábado, ao derrotar o Borussia Dortmund por 3 a 2. Cotado como candidato ao rebaixamento no início da temporada, o Berlim vem fazendo uma campanha surpreendente.

A revista de esportes kicker vê cinco motivos para o sucesso da chamada "velha dama": o técnico suíço Lucien Favre impôs disciplina a um time antes bagunçado; os individualistas do Berlim descobriram um novo espírito de equipe; os treinos incluem 20 a 40 minutos só de tática; os "esteios" do plantel, como o capitão Arne Friedrich – zagueiro da seleção alemã – estão em boa forma; e o time mostra estabilidade psíquica, não se apavorando quando está em desvantagem no placar.

Cottbus demite técnico

Petrik Sander, Trainer FC Engergie Cottbus

Petrik Sander, do Cottbus: primeiro técnico demitido na atual temporada

O oposto do que ocorre no Hertha Berlim pode ser observado no Energie Cottbus, que perdeu de 2 a 1 para o Wolfsburg e se encontra na lanterna do campeonato. O clube do Leste alemão ainda não venceu nenhum jogo e foi o primeiro a demitir seu técnico nesta temporada. Petrik Sander foi despedido no domingo, após quatro derrotas consecutivas, e será substituído por seu ex-assistente Heiko Weber.

Enquanto isso, o Hansa Rostock conseguiu quebrar uma série de cinco derrotas consecutivas e venceu o Duisburg por 2 a 0, mas ainda ocupa a penúltima colocação na tabela.

Na abertura da rodada, na sexta-feira, o Eintracht Frankfurt, surpreendentemente forte neste início de temporada, desperdiçou a chance de ocupar pelo menos por algumas horas a liderança do campeonato, ao empatar em 0 a 0 com o Bochum.

No sábado, o Schalke desmistificou uma outra surpresa do campeonato, derrotando o Arminia Bielefeld por 3 a 0. O placar foi aberto por Kuranyi, ampliado por Asamoah e completado pelo lateral direito brasileiro Rafinha, em cobrança de pênalti. Para a próxima rodada, nesta terça-feira, o Schalke porém não deverá contar com o capitão Marcelo Bordon, contundido no joelho.

Também por um placar de 3 a 0, o Bayer Leverkusen – nesta temporada sem brasileiros no plantel – derrotou o Hannover, na casa do adversário. A equipe do zagueiro brasileiro Vinícius venceu apenas um dos nove jogos que já disputou contra o Leverkusen, terceiro colocado no campeonato.

O Hamburgo venceu por 1 a 0 o duelo com seu concorrente alemão na Copa da Uefa, o Nürnberg, campeão da Copa da Alemanha passada, que agora se encontra na zona de rebaixamento. (gh)

Leia mais