Dezenas de pessoas morrem em atentado no aeroporto de Moscou | Notícias e análises internacionais mais importantes do dia | DW | 24.01.2011
  1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Mundo

Dezenas de pessoas morrem em atentado no aeroporto de Moscou

Explosão em terminal de chegadas de voos internacionais em aeroporto de Moscou foi atentado suicida, diz agência russa de notícias.

default

Local da explosão no aeroporto é controverso

Pelo menos 30 pessoas morreram e mais de 130 ficaram feridas numa explosão ocorrida nesta segunda-feira (24/01) na área de chegada de voos internacionais do Aeroporto Internacional Domodedovo, em Moscou, anunciou o Ministério da Saúde da Rússia.

"A explosão ocorreu na zona de entrega de bagagens do terminal de chegadas dos voos internacionais", anunciou a responsável da comissão de inquérito, Tatiana Morozova, à agência de notícias Interfax. Autoridades alfandegárias, no entanto, afirmam que ela aconteceu num café situado na saída do setor internacional do aeroporto.

Testemunhas citadas por agências de notícias russas disseram que o número de mortos pode chegar a 70, enquanto uma representante do Ministério da Saúde russo disse na tarde desta segunda-feira que pelo menos 20 dos feridos se encontram em estado grave.

Fontes policiais citadas pela agência Interfax indicaram que a carga explosiva teria sido acionada por um suicida. O Serviço Federal de Segurança (FSB, ex-KGB) da Rússia confirmou que se trata de um atentado terrorista, mas não mencionou a forma como foi acionado o explosivo.

Os serviços secretos ordenaram o reforço das medidas de segurança nos demais aeroportos de Moscou e a polícia reforçou a segurança na capital russa.

Testemunhas no local citadas por emissoras de rádio dizem que muitas pessoas se encontram deitadas no chão do aeroporto, onde a visibilidade é má devido à fumaça, e que houve pânico entre os numerosos passageiros que se encontravam no prédio.

A polícia continua a evacuação do aeroporto e encerrou o movimento de aviões. Os voos estão sendo desviados para outros dois aeroportos da capital russa.

RW/lusa/rtr
Revisão: Carlos Albuquerque

Leia mais