1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Copa do Mundo

"Deve-se pensar em substituto para Klinsmann", diz Beckenbauer

Maior nome do futebol na Alemanha dá recado, dando a entender que treinador está com os dias contados.

default

Última palavra na Alemanha quando o assunto é futebol, o presidente do Comitê Organizador da Copa do Mundo e presidente de honra do maior clube do país, o Bayern de Munique, Franz Beckenbauer disse que a seleção nacional já precisa se preparar para a saída de Jürgen Klinsmann do seu comando.

"Uma Copa bem-sucedida e um acordo de renovação com Klinsmann seria algo perfeito", disse o kaiser à rede de televisão ARD, para em seguida completar: "Mas se por alguma razão não der certo, precisamos ter alguém em mente para depois do Mundial".

Um dos maiores críticos do trabalho de Klinsmann, Beckenbauer nunca deu ao atual treinador da seleção a chance de provar, dentro de casa, que seu trabalho pode render bons frutos.

"Se o time for desclassificado logo na Copa, e com uma performance desastrosa, haverá questionamentos", avisou. "Aí, a situação se tornará insustentável", emendou.

O ex-centroavante do Bayern, da própria seleção e atualmente residente na Califórnia, nos Estados Unidos, substituiu Rudi Völler no comando técnico da equipe alemã em agosto de 2004.

Klinsmann tem contrato com a Federação Alemã de Futebol (DFB) até o final da Copa do Mundo e já deu a entender que o seu futuro realmente depende do desempenho do time no torneio. Ele se recusou a assinar uma extensão do acordo antes do Mundial.

Os tricampeões mundiais estréiam no dia 9 de junho contra a Costa Rica, em Munique, e depois desafiam a Polônia e o Equador nos outros confrontos do grupo A.

Links relacionados:

Leia mais