1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Mundo

Detido terceiro suspeito de cumplicidade nos ataques de Copenhague

Nome do suposto cúmplice não é revelado pela polícia, que afirma apenas que se trata de um homem jovem. Dois outros suspeitos de ajudar autor dos ataques continuam presos.

default

Flores foram colocados em frente ao centro cultural onde aconteceu o primeiro ataque, em 14 de fevereiro

A polícia dinamarquesa anunciou nesta sexta-feira (27/02) a detenção de um suposto cúmplice do autor dos atentados de 14 e 15 de fevereiro em Copenhague, que deixaram dois mortos e cinco feridos. Trata-se de um homem jovem.

Esta é a terceira detenção por suspeita de cumplicidade. Dois homens, de 19 e 22 anos, estão detidos preventivamente desde 16 de fevereiro, acusados de homicídio, tentativa de homicídio, violência e posse ilegal de armas. A detenção deles foi estendida até 26 de março.

O terceiro suspeito vai ser apresentado a um juiz no sábado. O Ministério Público pediu que a audiência se realize a portas fechadas e que a identidade do suspeito não seja revelada, segundo o comunicado da polícia.

Em 14 de fevereiro, Omar Abdel Hamid El-Hussein, de 22 anos, fez vários disparos contra um centro cultural de Copenhague, onde ocorria um debate sobre liberdade de expressão. Os disparos atingiram mortalmente o cineasta Finn Noergaard, de 55 anos, e El-Hussein fugiu do local.

Horas depois, já na madrugada de 15 de fevereiro, El-Hussein matou Dan Uzan, de 37 anos, judeu, segurança na mesquita de Copenhague, e voltou a fugir. Ele acabou sendo morto na manhã seguinte, numa troca de tiros com a polícia.

AS/lusa/afp/ap/dpa

Leia mais