1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Mundo

Detenções no caso de alemão morto no Afeganistão

A polícia afegã deteve seis suspeitos de envolvimento no assassinato a tiros de alemão que prestava ajuda humanitária pela ONG Ação Agrária Alemã no norte do Afeganistão.

default

ONG alemã ajuda na reconstrução do Afeganistão

O chefe da polícia da província de Sar-i-Pul, no norte do Afeganistão, Abdul Chaled Samjam, disse que estão sendo interrogados seis suspeitos de envolvimento no assassinato a tiros de um alemão nesta quinta-feira (09/03) na região. Segundo Samjam, a busca pelos criminosos mobilizou mais de 100 policiais da região onde ocorreu a morte. A investigação está sendo feita conjuntamente pela polícia e pela Força Internacional de Assistência à Segurança da Otan (Isaf).

Samjam disse que o alemão estava acompanhado de três colegas em dois veículos quando o grupo foi barrado. Os ocupantes foram tirados à força dos carros e, depois de serem xingados por colaborarem com estrangeiros, teriam sido mandados embora. Quando retornaram, encontraram o alemão caído no chão, gravemente ferido.

A vítima, que estava a serviço da ONG Ação Agrária Alemã, é o primeiro colaborador alemão assassinado no Afeganistão desde a derrubada do regime talibã, em dezembro de 2001. Ele ficaria no país por dois meses para inspecionar a reconstrução de escolas, hospitais e pontes. Para a Ação Agrária Alemã, trata-se do primeiro funcionário assassinado nos 40 anos de história da ONG. (rw)

Leia mais