1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Copa do Mundo

Desgaste e lesões marcam apresentação da seleção alemã

Semana de treinos na Áustria começa sem lesionados Philipp Lahm, Manuel Neuer, Sami Khedira e Per Mertesacker. Forma física de outros seis jogadores preocupa o técnico Joachim Löw para a Copa do Mundo.

A seleção alemã iniciou nesta quinta-feira (22/05) em St. Martin, na Áustria, os treinamentos de preparação para a Copa do Mundo. Mas o que deveria ser uma semana voltada ao condicionamento físico e tático se tornou para o treinador Joachim Löw um período de gerenciamento de problemas.

Além da decisão referente aos quatro atletas a serem cortados para a lista final dos convocados, Löw tem em seu plantel uma série de jogadores que não estão em suas melhores condições físicas e outros quatro – o goleiro Manuel Neuer, o capitão Philipp Lahm, o zagueiro Per Metesacker e volante Sami Khedira – que ainda nem se juntaram ao grupo.

A principal preocupação é com a dupla do Bayern de Munique. Ambos se lesionaram na final da Copa da Alemanha, vencida pelo Bayern de Munique por 2 a 0, contra o Borussia Dortmund, no último domingo. O goleiro Manuel Neuer machucou o ombro direito. Já Philipp Lahm teve uma fissura na cápsula articular do pé esquerdo.

DFB - Pokalfinale 2014 Borussia Dortmund gegen Bayern München

Philipp Lahm recebe atendimento médico no pé esquerdo durante a final da Copa da Alemanha

"Eu me juntarei à equipe dois dias depois", informou Lahm por meio de sua página no Facebook. "Vou fazer uma pequena pausa nesta semana e passar um tempo com a minha família. Na sexta-feira estarei na Áustria me preparando com a equipe para a 'missão Brasil'".

O caso de Neuer aparenta ser mais sério. Além de não se saber oficialmente quando o goleiro estará à disposição de Löw, ele foi visto saindo de uma clínica em Munique usando uma tala, no começo da semana. A Federação Alemã de Futebol (DFB) se limitou a dizer que a decisão de quando o goleiro estará com o grupo é feita "com base do dia a dia", mas garantiu a presença dele ainda no período de preparação na Áustria. Em caso de eventualidades, o recém-contratado pelo Barcelona, Marc-André ter Stegen, já está de sobreaviso.

"Estamos otimistas com relação à participação de Neuer e Lahm na Copa. Porém, os dois ainda precisam de tratamento intensivo. Mas é bom e importante que ambos estejam conosco desde o início da preparação, por mais que não possam treinar", explicou Löw.

Manuel Neuer Schulterverletzung

Manuel Neuer é a principal preocuopação. Sua contusão no ombro requer cuidados especiais

Outros ausentes da delegação que chegou ao hotel nos Alpes austríacos são o volante do Real Madrid Sami Khedira e o zagueiro Per Mertesacker. O primeiro está liberado devido à final da Liga dos Campeões deste sábado (24/05) e se juntará à seleção alemã apenas na próxima quarta-feira. Ele vem de uma longa recuperação depois que rompeu o ligamento cruzado do joelho, em novembro de 2013. Desde então não vem acumulando prática de jogo. Já o zagueiro do Arsenal recebeu um dia de folga para acompanhar o parto de sua esposa, mas se apresenta ainda nesta quinta-feira a Joachim Löw.

Espinha dorsal teve uma temporada conturbada

Os problemas do treinador da Alemanha não param por aí. Se a temporada passada foi um sucesso para o futebol alemão, com a final caseira na Liga dos Campeões, os reflexos dos jogos desgastantes apareceram justamente nos meses que antecedem ao Mundial.

Ao longo da atual temporada, praticamente todos os atletas do time considerado titular sofreram lesões. Além dos quatro citados acima, outros seis atletas vão precisar passar por uma avaliação mais detalhada pelo departamento médico da seleção.

- Zagueiro Mats Hummels (Borussia Dortmund – lesão no ligamento do tornozelo direito)
- Lateral Marcel Schmelzer (Borussia Dortmund – distensão muscular no púbis)
- Volante Bastian Schweinsteiger (Bayern de Munique – operação no tornozelo esquerdo e inflamação no ligamento patelar)
- Meia Mesut Özil (Arsenal, Inglaterra – distensões musculares na coxa)
- Atacante Miroslav Klose (Lazio, Itália – distensões musculares na coxa)
- Atacante Lukas Podolski (Arsenal, Inglaterra – rompimento muscular da coxa)

Thomas Müller und Joachim Loew

Joachim Löw (dir.) conversa com Thomas Müller, um dos poucos titulares que chega 100% para a preparação na Áustria

A espinha dorsal da seleção alemão se apresenta faltando 26 dias para a estreia contra Portugal, em Salvador, bastante debilitada, sem ritmo de jogo e sem conseguir repetir as boas apresentações da temporada anterior.

Em contrapartida, a semana de treinamentos será ainda mais importante para os jovens – e alguns ainda desconhecidos –que fazem parte da delegação. Para o lateral Erik Durm (Dortmund), os defensores Matthias Ginter (Freiburg) e Shkodran Mustafi (Sampdoria, Itália), os meio-campistas Julian Draxler (Schalke 04) e Christoph Kramer (Borussia Mönchengladbach) e o atacante Kevin Volland (Hoffenheim) é a chance de mostrar ao treinador por que eles devem ir ao Brasil.

Depois do amistoso contra a seleção de Camarões, em 1º de junho, em Mönchengladbach, quatro jogadores serão cortados. A Alemanha chega a Salvador no dia 8 de junho. A estreia na Copa do Mundo será em 16 de junho, contra Portugal, na Arena Fonte Nova. No dia 21 será a vez de Gana, em Fortaleza. A seleção alemã encerra a sua participação no Grupo G contra os Estados Unidos, no dia 26, no Recife.

Os 27 atletas na lista de Joachim Löw:

Goleiros:

Manuel Neuer (Bayern de Munique)
Roman Weidenfeller (Borussia Dortmund)
Ron-Robert Zieler (Hannover 96)

Defesa:

Jérôme Boateng (Bayern de Munique)
Philipp Lahm (Bayern de Munique)
Erik Durm (Borussia Dortmund)
Mats Hummels (Borussia Dortmund)
Marcel Schmelzer (Borussia Dortmund)
Matthias Ginter (Freiburg)
Benedikt Höwedes (Schalke 04)
Per Mertesacker (Arsenal – Inglaterra)
Shkodran Mustafi (Sampdoria Genua – Itália)

Meio-campo:

Christoph Kramer (Borussia Mönchengladbach)
Kevin Großkreutz (Borussia Dortmund)
Lars Bender (Bayer Leverkusen)
Julian Draxler (Schalke 04)
Mario Götze (Bayern de Munique)
Toni Kroos (Bayern de Munique)
Thomas Müller (Bayern de Munique)
Bastian Schweinsteiger (Bayern de Munique)
Sami Khedira (Real Madrid – Espanha)
Mesut Özil (Arsenal – Inglaterra)
Lukas Podolski (Arsenal – Inglaterra)
Marco Reus (Borussia Dortmund)
André Schürrle (Chelsea – Inglaterra)

Ataque:

Miroslav Klose (Lazio – Itália)
Kevin Volland (Hoffenheim)

Leia mais