1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Economia

Desemprego nos países do euro alcança recorde histórico

Números oficiais mostram que mais de 17 milhões de pessoas estão sem emprego na zona do euro. Na Espanha, a taxa de desemprego atinge 23,6%.

europa; krise; flagge; eu; europäische; union; boden; stein; steine; sterne; blau; straße © hsa.images - Fotolia.com

EU Flagge auf Pflastersteine Straße

O desemprego nos 17 países da zona do euro atingiu em fevereiro o maior nível desde a introdução da moeda, em 1999, de acordo com números divulgados nesta segunda-feira (02/04) pelo Eurostat, em Luxemburgo.

Segundo o órgão de estatísticas da União Europeia (UE), a taxa de desemprego subiu para 10,8% em fevereiro, ante 10,7% no mês anterior. O número de pessoas sem trabalho chegou a 17,134 milhões nos 17 países, ou 1,5 milhão a mais do que em fevereiro de 2011. É o pior resultado desde abril de 1997, quando a taxa foi de 10,9%.

A Espanha, cujo governo anunciou novas medidas de austeridade na sexta-feira passada, é o país com a maior taxa de desemprego na UE: 23,6%. O desemprego entre os jovens espanhóis com menos de 25 anos atinge 50,5%.

A Grécia também tem um número alto de desempregados: 21%. Já a Alemanha registrou a quarta menor quota entre os 17 países, com 5,7%. O melhor resultado foi apresentado pela Áustria, com apenas 4,2%.

KR/dpa/rtr/ap
Revisão: Alexandre Schossler

Leia mais