1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Mundo

Delegado pashtun deixa a Conferência de Paz

Representante pashtun da Aliança do Norte abandonou as negociações na Alemanha. A etnia é a maior do Afeganistão, com 40% da população.

default

Negociações no palácio de Petersberg podem acabar neste sábado

O governador da província de Nagahar, Hadschi Abdul Kadir, deixou antecipadamente as negociações na Alemanha sobre o futuro do Afeganistão. Kadir, principal membro pashtun na delegação da Aliança do Norte, teria reclamado que seu povo não está representado o suficiente nas negociações, já que 40% dos afegãos são de sua etnia.

O enviado da Aliança do Norte em Londres, Ahmad Wali Masud, acrescentou que os pashtuns perfazem 58% dos participantes da conferência, mas no grupo da Aliança do Norte, em si, há poucos representantes deste povo. A maioria de seus delegados é das etnias uzbeque, tadjique e hazará.

A etnia pashtun é representada sobretudo pelo Grupo de Roma, do ex-rei Mohammed Shair Shah, de 87 anos, exilado na capital italiana. Esta delegação é considerada pró-ocidental.

O Grupo de Roma e a Aliança do Norte são os mais fortes dos quatro grupos que participam da conferência sobre o Afeganistão, nas proximidades de Bonn, no oeste da Alemanha. Nesta sexta-feira, estão sendo analisadas as listas de nomes para compor o governo de transição e o Conselho Superior.

Links externos