1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Esporte

Deisler é quinto desfalque da Alemanha para Copa

Armador machucou-se novamente no amistoso contra Áustria e foi cortado. Völler decide nesta terça quem será seu substituto.

default

Deisler era a grande esperança de criatividade no meio campo alemão

A um dia do fim do prazo da Fifa para a inscrição de jogadores para a Copa do Mundo, o técnico Rudi Völler teve de cortar, nesta segunda-feira, o armador Sebastian Deisler de seus planos. No amistoso da Alemanha contra a Áustria (6x2), em Leverkusen, no sábado, a rótula do joelho direito do futuro jogador do Bayern de Munique, que em outubro havia sido fixada numa operação no Colorado (EUA), saiu de novo do lugar, como comprovou uma tomografia computadorizada. "Agora é mais importante pensar na saúde dele do que na Copa", conformou-se o treinador da Seleção Alemã.

Após três dias de folga, os jogadores se reapresentam a Völler na noite desta terça-feira, embarcando para o Japão no dia seguinte. O corte de Deisler acabou com o sossego do técnico, aliviado pela goleada sobre a Áustria, após a derrota para o País de Gales no jogo anterior. O desfalque do armador é o quinto na lista de jogadores que o treinador pretendia levar ao mundial. Völler já teve de desistir do também armador Scholl, dos zagueiros Novotny e Wörns e do atacante Zickler.

A menos de duas semanas da estréia na Copa (dia 1º, contra a Arábia Saudita), o campeão mundial de 1990 ainda não conseguiu formar uma equipe. A ausência de Deisler possivelmente o obrigará a alterar também o esquema com que pretendia armar o time. Nunca uma Seleção Alemã chegou às vésperas de um mundial com tantas incertezas.

A maior preocupação paira sobre a defesa. Nos dois últimos amistosos, Metzelder e Linke mostraram falta de entrosamento e de maturidade para assumir a responsabilidade. "São coisas que decidem um jogo. Basta uma distração, um piscar de olhos sem concentração, e pronto poderemos arrumar as malas", sabe Völler. Diante do desempenho mostrado até agora, 40% dos alemães acreditam que sua seleção retornará para casa logo após a primeira fase, segundo pesquisa realizada por telefone pela emissora pública de tevê ARD.

Leia mais

Links externos