De virada, Inglaterra vence País de Gales | Siga a cobertura dos principais eventos esportivos mundiais | DW | 16.06.2016
  1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Esporte

De virada, Inglaterra vence País de Gales

Após saírem atrás no placar com mais um gol de falta de Gareth Bale, reservas brilham em derby britânico e levam ingleses à primeira vitória na Eurocopa.

Sturridge, já aos 47, invadiu a área e deslocou com um leve toque o goleiro Hennessey

Sturridge, já aos 47, invadiu a área e deslocou com um leve toque o goleiro Hennessey

Com gols de jogadores reservas, a Inglaterra conseguiu furar a retranca de País de Gales nesta quinta-feira (16/06) e venceu de virada, por 2 a 1, o histórico derby britânico no estádio Bollaert-Delelis, em Lens.

Com a vitória, a seleção inglesa chegou aos quatro pontos, assumindo a liderança do Grupo B da Eurocopa, seguida por Eslováquia e Gales, ambos com três, e pela Rússia, lanterna com apenas um ponto.

O atacante Gareth Bale abriu o placar aos 42 minutos do primeiro tempo, cobrando falta de longe – como fizera na estreia contra a Eslováquia. O goleiro Joe Hart ainda tocou na bola, antes de ela entrar no canto baixo esquerdo de sua trave.

Atrás no placar, o técnico Roy Hodgson chamou Jamie Vardy e Daniel Sturridge do banco no intervalo, tirando de campo Harry Kane e Raheem Sterling. Os dois reservas balançaram as redes: Vardy, aos 11, completando para o gol após confusão na área; e Sturridge, já aos 47, invadindo a área e deslocando com um leve toque o goleiro Hennessey.

Vardy, aos 11, completou para o gol após confusão na área

Vardy, aos 11, completou para o gol após confusão na área

A partida desta quinta foi a primeira entre as seleções dos dois países numa Eurocopa ou numa Copa do Mundo. Ao todo, ambas se enfrentaram 103 vezes na história, com 66 vitórias para os ingleses e 21 empates.

A partida chamou a atenção pelo aparato de segurança montado: as autoridades francesas apontaram o confronto como um dos de maior risco de violência entre hooligans na fase de grupos. As duas torcidas carregam também grande rivalidade por causa do rúgbi.

Na noite de quarta-feira, a tropa de choque da polícia francesa realizou prisões e usou gás lacrimogêno para dispersar torcedores ingleses. Cerca de 50 pessoas ficaram feridas, 16 delas foram hospitalizadas.

A rodada final do grupo será na próxima segunda-feira, com duas partidas simultâneas: a Inglaterra joga com a Eslováquia, e a Rússia enfrenta o País de Gales.

RPR/efe/dpa