1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Futebol

De virada, Bayern vence Manchester e vai às semifinais da Liga dos Campeões

Campeão alemão demora para acordar na partida, mas faz 3 a 1 e avança para tentar o bi europeu inédito. Na Espanha, Atlético de Madrid passa pelo Barcelona e conquista vaga histórica entre os quatro melhores do torneio.

Pep Guardiola inovou e escalou um Bayern de Munique mais do que ofensivo para o confronto contra o Manchester United pelas quartas de final da Liga dos Campeões. Com os desfalques de Bastian Schweinsteiger (suspenso), Javi Martínez e Thiago Alcântara (machucados), os bávaros foram a campo, nesta quarta-feira (09/04), em Munique, com o meia Toni Kroos como o mais defensivo no meio-campo, Mario Götze, Thomas Müller, Arjen Rooben, Franck Ribéry e Mario Mandzukic. E a tática do técnico espanhol demorou a surtir efeito, mas, no final, os bávaros fizeram 3 a 1 e selaram a classificação para as semifinais.

Mesmo com o empate sem gols a seu favor – a partida de ida terminou em 1 a 1 – garantindo a classificação, o Bayern partiu para cima do Manchester logo nos primeiros minutos de jogo para tentar definir o confronto. Robben iniciava todas as jogadas e distribuía as bolas no meio-campo bávaro, que rondava constantemente a grande área do Manchester United, mas sem serem incisivos o suficiente. Aos ingleses restavam as bolas longas para Rooney, que era vaiado pelos torcedores alemães toda vez que pegava na bola – no jogo na Inglaterra ele sofreu a falta que originou a expulsão de Schweinsteiger.

Fußball Champions League Viertelfinale 2014 FC Bayern München Manchester United

Patrice Evra (esq.) acerta lindo chute para abrir o placar em Munique

Depois do ímpeto inicial, a partida perdeu em velocidade e ficou sonolenta. Com cerca de 70% da posse bola, o Bayern martelava, mas não conseguia transpor a muralha inglesa. A famosa frase futebolística "aluga-se meio campo" encaixava perfeitamente para essa partida – em vários momentos, todos os jogadores de linha se encontravam na metade defensiva dos ingleses. Até o zagueiro brasileiro Dante cruzava na área. Mas fato é que o goleiro do Manchester, David De Gea, mal teve trabalho no primeiro tempo, encerrado em 0 a 0.

Na segunda etapa, o jogo continuou morno, truncado e fraco tecnicamente. Até que aos 12 minutos, Patrice Evra acertou um lindo chute de bate-pronto, no ângulo do goleiro Manuel Neuer. Golaço e 1 a 0 Manchester United – resultado que dava a classificação aos ingleses. Mas no lance seguinte, Mario Mandzukic recebeu cruzamento de Ribéry e empatou o confronto.

Fußball Champions League Viertelfinale 2014 FC Bayern München Manchester United

Mario Mandzukic (centro) cabeceia e empata para o Bayern de Munique

Os dois gols fizeram bem ao jogo. Rooney perdeu chance clara, Götze cabeceou para defesa de De Gea. E aos 23 minutos, Thomas Müller praticamente definiu a classificação do Bayern, completando livre na pequena área o cruzamento de Robben. O holandês, em sua jogada individual característica, em que corta da diagonal para dentro da área, marcou o terceiro, garantiu a classificação e manteve, assim, a chance de o Bayern de Munique ser o primeiro clube a conquistar a Liga dos Campeões consecutivamente.

"Os primeiros minutos no segundo tempo foram uma catástrofe. Não podemos nos dar o luxo de ter lapsos desses na Liga dos Campeões. Nossa meta é Lisboa [palco da final] e acho que para isso temos que jogar mais. Mas nós sabemos que conseguimos jogar melhor", disse Arjen Robben após o jogo.

Para Thomas Müller, o confronto testou os nervos e as emoções do time: "Com o golaço do Evra, mantivemos a calma e logo depois as coisas começaram a dar certo. Se levarmos em conta os dois jogos, acredito que merecemos passar. Tivemos muita posse de bola, mas dentro da área precisamos de sorte também. Foi um jogo de paciência."

Fußball Champions League Viertelfinale 2014 Atletico Madrid FC Barcelona

Koke marca o gol decisivo contra o Barcelona

No Vicente Calderón, em Madri, o Atlético de Madrid começou avassalador. Marcou o primeiro gol, com Koke, e acertou três bolas no travessão catalão nos primeiros 18 minutos de jogo. Ainda no primeiro tempo, o árbitro inglês Howard Webb deixou de marcar um pênalti para os madrilenhos. No segundo tempo, a pressão do Barcelona esbarrou na ótima atuação defensiva do Atlético. Desta forma, o clube madrilenho alcançou as semifinais da Liga dos Campeões pela primeira vez desde 1974.

Nesta sexta-feira (11/04), será realizado o sorteio das semifinais da Liga dos Campeões. Além de Bayern de Munique e Atlético de Madrid, Chelsea e Real Madrid completam as quatro melhores equipes europeias do ano.

Ficha técnica

Bayern de Munique 3 x 1 Manchester United

Local: Allianz Arena – Munique

Gols: Patrice Evra (12'/2T), Mario Mandžukić (14'/2T), Thomas Müller (23'/2T) e Arjen Robben (31'/2T)

Cartões amarelos: Nemanja Vidić (27'/1T), Patrice Evra (25'/2T), Rafinha (28'/2T),

Arbitragem: Jonas Eriksson (Suécia), auxiliado pelos compatriotas Mathias Klasenius e Daniel Wärnmark.

Bayern de Munique: Manuel Neuer; Philipp Lahm, Jérôme Boateng, Dante e David Alaba; Toni Kroos, Mario Götze (Rafinha 20'/2T) e Thomas Müller (Claudio Pizarro 39'/2T); Arjen Robben, Franck Ribéry e Mario Mandžukić. Técnico: Pep Guardiola.

Manchester United: David De Gea; Phil Jones, Chris Smalling, Nemanja Vidić e Patrice Evra; Darren Fletcher (Javier Hernández 30'/2T) e Michael Carrick; Antonio Valencia, Shinji Kagawa e Danny Welbeck (Adnan Januzaj 36'/2T); Wayne Rooney. Técnico: David Moyes.

Leia mais