1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Cultura

David Bowie no topo das paradas nos EUA pela primeira vez

Uma semana após a morte do ídolo pop, álbum "Blackstar" alcança a primeira posição nas paradas da Billboard. Como se não bastasse, cantor ganha a própria constelação no céu.

default

Capa de "Blackstar", último álbum de Bowie

Apesar da imensa repercussão, David Bowie não é o primeiro a atingir fama mundial após a morte. No total, ele vendeu mais de 140 milhões de discos em todo o mundo. Apenas uma coisa lhe foi negada durante seu tempo de vida: ser o número 1 nas paradas da Billboard nos EUA. Com seu último álbum, Blackstar, ele conseguiu, postumamente, essa façanha pela primeira vez, neste domingo (17/01).

Depois do álbum 25, de Adele, ter ficado durante sete semanas no topo das paradas americanas da revista Billboard, Bowie assumiu, por ora, essa posição. De acordo com a empresa Nielsen Music, Blackstar vendeu 181 mil cópias e substituiu a cantora na primeira posição.

O álbum também domina a lista de mais vendidos em muitos países europeus, como na França, Holanda, Suécia, Alemanha e, naturalmente, na terra natal de Bowie, o Reino Unido. Além de Blackstar, as paradas britânicas também incluem nove álbuns do cantor: entre outros, duas coletâneas de sucessos, clássicos como The Rise and Fall of Ziggy Stardust, Low e seu penúltimo trabalho, The Next Day, de 2013.

Mais de 23 milhões de visualizações

Na Alemanha, Bowie também alcançou sucesso considerável. No total, o ídolo pop figurou em rankings mais de 500 vezes – 269 nas paradas de álbuns e 269 na lista de singles, segundo a GfK Entertainment, responsável oficial pela verificação das paradas no país. O disco de maior sucesso de Bowie foi Let's Dance. Dedicado ao grande público, o álbum conseguiu ficar 36 semanas entre os mais vendidos. Antes de Blackstar, The Next Day havia sido o único número 1 de Bowie na Alemanha.

Mas não é somente a música de Bowie que está em alta após a sua morte; seus videoclipes também fazem muito sucesso na internet. Na plataforma musical Vevo, ele conseguiu um novo recorde: seus vídeos foram clicados mais de 51 milhões de vezes num espaço de 24 horas.

O último clipe do "camaleão do rock", Lazarus, que pode ser visto acima, angariou particular popularidade, com mais de 23 milhões de visualizações até agora.

Uma estrela para Bowie

Depois que Bowie morreu, no último dia 10 de janeiro, de um câncer até então desconhecido do público, fãs do mundo todo prestaram homenagem ao músico. Eles organizaram cerimônias fúnebres públicas, depositaram flores em frente ao seu antigo apartamento em Berlim e deram início a uma petição exigindo uma "Rua David Bowie" em Berlim. E, agora, o artista é homenagem com uma constelação própria.

Screenshot stardustforbowie.be

Site stardustforbowie.be mostra constelação em homenagem a Bowie

Por iniciativa da emissora de rádio Studio Brussel e do observatório Mira Public Observatory, procuraram-se estrelas, que interligadas formassem o desenho do famoso raio adornando o rosto de Bowie na capa do álbum Aladdin Sane, de 1973. Os astrônomos as encontraram perto de Marte e escolheram sete estrelas para lembrar o astro da música no espaço.

No site stardustforbowie.be, os fãs podem adicionar suas canções preferidas do cantor ou deixar uma mensagem pessoal na constelação.

Leia mais

Links externos