1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Cultura

Dança brasileira no festival Movimentos

Balé da Cidade de São Paulo é atração do festival Movimentos, em Wolfsburg. Até o final do mês, estarão se apresentando ainda o Balé de Tóquio, Bill Jones/Arnie Zane Dance Company e o Cloud Gate Dance Theatre de Taiwan.

default

Companhia paulista faz quatro apresentações em Wolfsburg

Por expressar mobilidade, a palavra portuguesa "Movimentos" foi o nome escolhido para o festival internacional de dança na cidade sede da Volkswagen. O já consagrado evento começa nesta quinta-feira (06) e se estende até o próximo dia 31, em Wolfsburg, a 200 quilômetros ao sul de Hamburgo.

O palco foi montado numa antiga usina de calefação da fábrica da Volkswagen. Entre as companhias consagradas que se apresentarão no festival, estão ainda o Balé de Tóquio, Bill T-Jones/Arnie Zane Dance Company e Cloud Gate Dance Theatre of Taiwan.

A companhia paulistana, que fez seu primeiro ensaio em Wolfsburg na quarta-feira, tem apresentações marcadas para os dias 6, 7, 8 e 9 de maio. O grupo, dirigido por Mônica Mion, trouxe coreografias consagradas, como o pas-de-deux Adagietto, que emocionou a platéia do Teatro Municipal em fevereiro último.

Nos dois primeiros dias, o grupo brasileiro apresentará Máscaras do Tempo, de Gagik Ismailian; Adagietto, de Oscar Arraiz; Z, criada especialmente para o grupo pelo coreógrafo Germaine Acogny, com música de Gilberto Gil, e ainda LAC, de Sandro Borelli. O programa do final de semana terá Dualidade@BR, de Gagik Ismailian; Sinfonia de Réquiem, de Vasco Wellenkamp; e Axioma 7, de Ohad Naharin.

Outros destaques do balé mundial em Wolfsburg

Bill Jones - Tanzfestival Movimentos 2004

Bill T. Jones/Arnie Zane Dance Company

Bill T. Jones, um dos coreógrafos mais talentosos do Next Wave, movimento que sucedeu a dança pós-moderna, montou sua companhia em 1982, junto com Arnie Zane, falecido em 1988. A Bill T. Jones/Arnie Zane Dance Company conquistou projeção internacional com trabalhos profundamente políticos, articulando temas como a segregação racial e a Aids de forma bastante pessoal (Jones é negro, homossexual e soropositivo).

O grupo reúne em suas apresentações elementos de canto, literatura e artes plásticas, numa simbiose entre dança e teatro. Espelho no espelho, um ciclo de cinco coreografias dedicadas a cidades diferentes, com música do estoniano Arvo Pärt, terá estréia mundial em Wolfsburg.

Criado em 1973 pelo coreógrafo Lin Hwai-min, o Cloud Gate Dance Theatre é hoje considerado um dos mais importantes grupos de dança-teatro da Ásia. Seu trabalho caracteriza-se pela combinação de movimento e contemplação, em que técnicas de dança ocidental moderna se fundem às tradicionais chinesas, para criar uma coreografia única, prestigiada em vários festivais internacionais.

A tradição oriental também será representada pelo Balé de Tóquio, que sucedeu em 1964 a tradicional escola de balé da capital japonesa, graças ao empenho de Tadatsugu Sasaki, que conseguiu associar a tradição japonesa à técnica e coreografia ocidentais. Esta síntese foi coroada com a vinda de Maurice Bejárt à companhia, nos anos 80.

A companhia japonesa é a única autorizada a montar as peças do francês, que é um dos maiores coreógrafos de todos os tempos.

Leia mais

Links externos