Daimler garante que manterá empregos no sul da Alemanha | Notícias e análises sobre a economia brasileira e mundial | DW | 10.12.2009
  1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Economia

Daimler garante que manterá empregos no sul da Alemanha

A transferência da produção do Classe C para os Estados Unidos e para o norte da Alemanha não comprometerá os empregos da tradicional fábrica de Sindelfingen, assegura Daimler em um acordo selado com os trabalhadores.

default

Montadora garante manter 37 mil em Sindelfingen

A Daimler deu garantia de emprego aos 37 mil funcionários do seu tradicional parque industrial em Sindelfingen, no sul da Alemanha. O conglomerado automobilístico prometeu que, até 2020, não haverá demissões sem justa causa em decorrência de fatores empresariais.

Segundo o conselho de empresa da Daimler, o acordo prevê a criação de pelo menos 2,7 mil novos empregos em Sindelfingen.

Outro acerto é a garantia de que os jovens aceitos para formação profissionalizante sejam contratados posteriormente. O número de funcionários em profissonalização também não deverá diminuir.

Além disso, até 2015 não haverá mais limitação do número de contratos de aposentadoria parcial, que implica a diminuição da jornada de trabalho nos anos anteriores à suspensão definitiva da atividade profissional.

Agora a Daimler só pretende acertar com representantes dos trabalhadores alguns detalhes do acordo, comunicou o conselho de empresa.

Apesar de o impasse trabalhista ter sido solucionado, o conselho administrativo da Daimler ainda considera um erro a decisão de transferir a produção do modelo Classe C de Sindelfingen para Bremen e para os Estados Unidos. Fora essa mudança estratégica que mobilizara os trabalhadores a reivindicar a manutenção de seus empregos na fábrica, localizada nas imediações de Stuttgart.

O sindicato dos metalúrgicos IG Metall considera o acordo recém-selado uma vitória trabalhista.

SL/epd/dpa
Revisão: Marcio Damasceno

Leia mais