DAAD premia germanista brasileiro Paulo Soethe | Cultura europeia, dos clássicos da arte a novas tendências | DW | 14.08.2015
  1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Cultura

DAAD premia germanista brasileiro Paulo Soethe

Serviço Alemão de Intercâmbio Acadêmico homenageia pesquisador e professor por seus estudos sobre os laços da família dos escritores Thomas e Heinrich Mann com o Brasil.

O germanista Paulo Astor Soethe foi premiado com o Prêmio Jacob e Wilhelm Grimm, anunciou nesta quarta-feira (12/08) o Serviço Alemão de Intercâmbio Acadêmico (DAAD). Segundo a instituição, o brasileiro recebe a homenagem por ter se destacado como um grande pesquisador do trabalho dos escritores Thomas e Heinrich Mann.

"Receber o prêmio Jacob e Wilhelm Grimm do DAAD é uma satisfação muito grande porque, como primeiro latino-americano agraciado, posso partilhá-la de imediato com os inúmeros colegas, amigas e amigos de nosso continente: a germanística praticada em nossas diversas universidades, sob as várias formas que ela assume, é que recebe o reconhecimento científico e cultural por essa concessão generosa feita à minha pessoa", declarou Soethe à DW Brasil.

O prêmio tem uma dotação de 10 mil euros e inclui uma estada para pesquisas na Alemanha. Com dele, a instituição alemã homenageia anualmente pesquisadores estrangeiros que se dedicam especialmente à cooperação internacional nas áreas de literatura alemã e ensino da língua alemã para estrangeiros. O segundo prêmio, de 3 mil euros, ficou com o germanista queniano James L. Ikobwa Meja.

Paulo Soethe é desde 1992 professor de língua e literatura alemã na Universidade Federal do Paraná, em Curitiba. Entre suas principais contribuições está a pesquisa da história familiar de Thomas e Heinrich Mann. A mãe dos escritores, Julia Mann, era brasileira.

Soethe é um dos autores do livro Terra Mátria, que aborda as ligações da família Mann com o Brasil, e escreveu sua tese de doutorado sobre A Montanha Mágica, de Thomas Mann.

Soethe também participa do projeto de pesquisa archiv.br, em cooperação com o Arquivo Alemão de Literatura, em Marbach, que visa estudar a influência dos migrantes alemães na sociedade civil brasileira.

A cerimômia de premiação será em 25 de agosto em Xangai, durante o Congresso da Associação Internacional de Germanística.

MD/epd/efe

Leia mais