Düsseldorf proíbe ″IS″ em placa de carros | Notícias sobre política, economia e sociedade da Alemanha | DW | 15.04.2016
  1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Alemanha

Düsseldorf proíbe "IS" em placa de carros

Cidade bane combinação por formar a mesma sigla usada em alemão para identificar a organização terrorista "Estado Islâmico". Letras ligadas ao nazismo também são proibidas no país.

A cidade de Düsseldorf, no oeste da Alemanha, proibiu novas placas de carros com as letras "IS", sigla usada em línguas como o alemão e o inglês para identificar o grupo terrorista "Estado Islâmico".

Um porta-voz da cidade confirmou nesta quinta-feira (14/04) que houve pedidos neste sentido. Também a Áustria já havia proibido em março as letras "IS" para placas de veículos.

Na Alemanha não são permitidas placas com as letras HJ (Juventude Hitlerista), KZ (campo de concentração) e SA e SS (forças militares nazistas). Em alguns estados também os números 14, 18, 28 e 88 são proibidos, por se tratar de símbolos neonazistas ou códigos de skinheads.

Devido à combinação que pode ser formada com as letras do nome da cidade ou da região, muitos estados alemães também não permitem as combinações IZ AN (nazi, lido de trás para frente), NS (nacional-socialismo), ou HEI L. No estado da Saxônia-Anhalt, também é proibida a combinação SK IN (para skinhead).

As placas de veículos na Alemanha começam com a letra inicial do nome da cidade. Em cidades maiores, geralmente é só uma letra. Cidades menores, ou regiões, têm duas ou três letras. Seguem-se uma ou duas letras e números. As letras e os números podem ser escolhidos pelo proprietário, e caso a combinação esteja livre, ela é liberada.