1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Economia

Dólar fecha com maior cotação da história

Moeda americana chega a R$ 4,05, maior valor registrado desde a criação do real. Valorização é motivada por expectativa de que o banco central dos Estados Unidos eleve a taxa de juros.

O dólar fechou nesta terça-feira (22/09) com o maior valor da história, cotado a R$ 4,0538. No ano, a moeda americana acumula alta de mais de 50%. O principal motivo para a valorização é o anúncio do Federal Reserve, banco central dos Estados Unidos, de que pode elevar os juros ainda neste ano.

Essa é a maior cotação registrada desde a criação do real. O maior valor alcançado foi em 10 de outubro de 2002. O dólar chegou a ser vendido a R$ 4, mas fechou a R$ 3,98.

Nas casas de câmbio, o dólar turismo passou de R$ 4,50. No pregão desta terça, o dólar operou acima de R$ 4 durante toda a sessão. Na máxima do dia, por volta das 14h30, chegou a ser vendido a R$ 4,061.

Na segunda, o Banco Central interveio e vendeu 3 bilhões de dólares em reservas internacionais com compromisso de recompra. Nesta terça, o órgão seguiu com leilões para a venda de dólares no mercado futuro.

A alta de juros nos Estados Unidos pressiona a cotação do dólar em todo o mundo. Com a alta das taxas, investidores retiram recursos de países emergentes, como o Brasil, para aplicar em títulos do Tesouro americano, considerados mais seguros.

KG/abr/ots

Leia mais