1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Sua Opinião

CULTURA DOMINANTE

Nossos leitores opinaram esta semana sobre o conceito de cultura dominante, União Européia, meio ambiente e Segunda Guerra Mundial.

default

Jovens turcas na Alemanha

Sou completamente a favor dos esforços para que se mantenham as características culturais e lingüísticas da Alemanha. Parece que os alemães se sentem culpados quando o assunto é moderar a influência estrangeira. Talvez isso seja resquício de "culpa adquirida" depois da Segunda Guerra Mundial. Acho que deveriam integrar esses estrangeiros à sociedade alemã e não o contrário. Não se deve confundir preservação da cultura com nazismo e outros "ismos". Os franceses fazem isso muito bem.

Alvaro Coppieter

Acho muito importante o conceito de cultura dominante, no sentido de que se permite uma unificação do pensamento e propósitos de uma nação. Os estrangeiros que querem viver na Alemanha ou em qualquer outro país devem procurar se adaptar para serem incluídos. Isso não significa, entretanto, que devam abandonar suas crenças, mas que devem incorporar os valores do país onde querem viver.

Annelise Dorothea Frigeri

UNIÃO EUROPÉIA E SEGURANÇA
A Democracia também cria monstros e muitos deles subjulgam toda uma população, tanto de seu próprio país quanto de nações amigas. Sendo assim, o conceito de uma identidade de segurança militar com o símbolo da União Européia torna-se mais uma ferramenta de apoio e vigilância para a promoção do bem-estar, onde quer que seja solicitado por pessoas oprimidas e sem perspectivas de vida futura.

Fernando Clarindo


MUDANÇAS CLIMÁTICAS

Acredito que, para conter o processo de aquecimento do planeta, deveríamos, em primeiro lugar, fabricar e comercializar carros menos poluentes, já existem até automóveis movidos a ar.

Obrigar os EUA a aderir ao Protocolo de Kyoto, isso não é um pedido, mas sim uma necessidade mundial. Em terceiro lugar, criar uma campanha contra a extração de petróleo.

Precisamos entender a relação entre os conflitos econômicos gerados pelo petróleo no mundo e sua complexidade diante da política.

Por último, deveria haver fiscalização internacional e leis mais severas para aqueles que desmatam as florestas, principalmente no Brasil.

Rafael Stedile (Jornalista – Curitiba/PR)

Com a mudança climática alterando nossa vida vegetal, devemos nos preocupar muito mais com as florestas. No Brasil, o desmatamento florestal está sendo muito prejudicial. Temos que controlar isso urgentemente.

Vinicius Bley Rodrigues