1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Mundo

Cuba divulga primeiras fotos de Fidel Castro em seis meses

Ex-presidente cubano, de 88 anos, não é visto em um evento público desde janeiro de 2014, e seu silêncio sobre reaproximação com EUA vinha gerando especulações sobre seu estado de saúde.

default

Fidel Castro conversa com o líder estudantil Randy Perdomo, observado pela mulher, Dalia

A imprensa estatal cubana publicou na madrugada desta terça-feira (03/02) mais de 20 fotos de Fidel Castro, num encontro com um líder estudantil. São as primeiras imagens divulgadas do ex-presidente, de 88 anos, em seis meses.

Segundo os jornais Granma e Juventud Rebelde, o encontro ocorreu no último dia 23 de janeiro. Fidel recebeu em casa o presidente da Federação dos Estudantes Universitários (FEU), Randy Perdomo, para celebrar os 70 anos de sua entrada na Universidade de Havana.

O texto em que o encontro é narrado foi escrito pelo próprio líder estudantil. Nas fotos, Fidel aparece em vários momentos da reunião com o jovem, sempre sentado, com boa aparência e sorridente. Em várias das imagens, é possível ver a esposa do ex-presidente, Dalia Soto del Valle.

Longe do poder desde 2006, Fidel não aparece em um evento público desde janeiro de 2014. Suas últimas fotos haviam sido divulgadas em agosto do ano passado, quando ele recebeu em sua casa em Havana o presidente da Venezuela, Nicolás Maduro.

Nas últimas semanas, os rumores sobre sua saúde aumentaram, devido ao silêncio em relação ao histórico anúncio de reaproximação entre Cuba e Estados Unidos.

Seu primeiro pronunciamento público sobre esse acontecimento ocorreu apenas 40 dias depois, em mensagem dirigida à FEU de Havana, lida precisamente por Randy Perdomo em um ato na universidade.

Um dia depois, Fidel recebeu a visita do teólogo e intelectual brasileiro Frei Betto, mas não foram divulgadas fotografias. Em

entrevista

à DW Brasil, o religioso contou que o cubano ainda está lúcido, embora mais magro, e que ainda vê os EUA como inimigos.

RPR/efe/ap/rtr

Leia mais