Cristiano Ronaldo é eleito melhor jogador da Europa | Leia as principais notícias sobre o futebol internacional | DW | 25.08.2016
  1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Futebol

Cristiano Ronaldo é eleito melhor jogador da Europa

Atacante desbanca Gareth Bale e Antoine Griezmann e recebe prêmio da Uefa pela segunda vez. Norueguesa Ada Hegerberg, do Olympique Lyon, é eleita melhor jogadora.

Cristiano Ronaldo

Cristiano Ronaldo recebe o prêmio em cerimônia realizada em Monte Carlo

O atacante Cristiano Ronaldo foi eleito nesta quinta-feira (25/08) o melhor jogador de futebol europeu da temporada 2015/2016, na qual conquistou a Liga dos Campeões com o Real Madrid e a Eurocopa com a seleção de Portugal.

Na mesma eleição, a norueguesa Ada Hegerberg, atacante do Olympique Lyon, foi eleita a melhor jogadora europeia.

Ronaldo, de 31 anos, disputou o título com o galês Gareth Bale, seu companheiro no Real Madrid, e o francês Antoine Griezmann, do Atlético de Madri. O português foi escolhido por jornalistas dos 55 países-membros da Uefa.

Ada Hegerberg

Ada Hegerberg é melhor jogadora

"Estou muito feliz", afirmou o craque português, após receber o troféu em Monte Carlo, em Mônaco, das mãos do vice-presidente da Uefa e presidente da Federação Espanhola de Futebol, Ángel María Villar.

"Não seria justo deixar de mencionar esses dois jogadores que estiveram incríveis no ano passado", acrescentou, referindo-se a Bale e Griezmann, que estavam presentes na cerimônia que sorteou também os grupos da Liga dos Campeões.

Cristiano Ronaldo, que marcou 16 gols na última Liga dos Campeões, era o grande favorito para receber o prêmio depois de vencer o campeonato de clubes europeus e a Eurocopa.

Bale, de 27 anos, ganhou a Liga dos Campeões com o Real Madrid e chegou às semifinais do campeonato europeu de seleções. Já Griezmann, de 25 anos, perdeu as duas finais.

Esta é a segunda vez que Cristiano Ronaldo é eleito melhor jogador de futebol europeu. Ele recebeu o prêmio em 2014. Além do português, Lionel Messi (por duas vezes), Andrés Iniesta e Franck Ribéry também ganharam a honraria concedida pela primeira vez em 2011.

FC/efe/dpa/afp/ap

Leia mais