CRISE FINANCEIRA DOS EUA | Escreva sua opinião, comentários, críticas ou sugestões | DW | 27.09.2008
  1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Sua Opinião

CRISE FINANCEIRA DOS EUA

Nossos usuários comentaram esta semana sobre a crise financeira norte-americana, o filme "O complexo Baader-Meinhof", indústria alemã e brasileira e a manifestação antiislâmica em Colônia. Vale a pena ler, clique aqui!

default

Guido Westerwelle, líder da bancada liberal no Parlamento alemão, tem toda a razão quando afirma que os norte-americanos têm "enchido os bolsos" nos últimos anos. [...] A Europa, de vez em quando, lá dá um ar da sua graça, criticando as atitudes irracionais e imposicionistas dos EUA. Mas... temo que muito rapidamente esses líderes europeus, que dirigem actualmente a União Européia, se acobardem e, do dia para a noite, surjam a dizer amén a Washington. Oxalá que tal não aconteça, mas.... eu desconfio deles.
Herulano Carreira (Portugal)

A crise foi fabricada e utilizada pelos norte-americanos. A crise americana é tão séria, séria mesmo, que os cartéis do sistema financeiro, com o apoio do Tesouro e do FED, estão impondo as mesmas regalias de salários astronômicos, além dos bilhões de dólares que sacam a título de gratificações e dividendos por lucros fictícios e maquiados. E só aceitam o plano se atenderem essas exigências. Então, se há tanta imposição para ficar com o dinheiro do contribuinte americano, sem se pensar em penalidades para os infratores, isso é mais uma prova de que a verdadeira história da crise da subprime ainda não foi contada na sua verdadeira dimensão e quais os personagens principais. [...]
João da Rocha

FILME SOBRE "COMPLEXO BAADER-MEINHOF"

Eu acho que ser herói revolucionário ou ser terrorista, não importa! Não vejo nenhum sentido filosófico ou social em abordar um tema polêmico como este no cinema. O interesse é simplesmente comercial, ou seja, vender emoções para o público jovem. E criar novas idéias revolucionárias para os jovens que estão ávidos de aventuras e novidades. No momento seria interessante vender emoções positivas, criativas, podem até ser revolucionárias, mas que motive o interesse dos jovens à investigação: cientifica, filosófica e social, para que possam criar novas maneiras de manter o planeta Terra vivo, e reaprender uma nova postura dos valores básicos e as virtudes básicas do ser humano – amor, solidariedade, compaixão, disciplina, responsabilidade, trabalho, perseverança, honestidade, lealdade, amizade etc. [...]
Maria Angélica Dias Müller

INDÚSTRIA ALEMÃ & INDÚSTRIA BRASILEIRA

Dentre as indústrias instaladas em solo brasileiro, uma das mais conhecidas é a VW, automotiva. Mas várias outras fazem parte de nossa cultura, como a BMW, um sonho de consumo; Bayer, Basf, Siemens e Bosch, pela qualidade que nos oferecem. No entanto, o "sonho" de nós brasileiros não é termos os alemães como empresas alemãs em solo nacional, mas sim como sócios globais, a ponto de termos não empresas alemãs, mas eurobrasileiras. Temos empresas tão boas quantos as suas. A Troller foi uma empresa brasileira. A Embraer é uma empresa brasileira. A Petrobras é uma empresa nacional. A Vale é uma empresa do Brasil. Além destas, ainda temos diversas outras de igual valor.
Claudio Renato Cardoso

EXTREMA DIREITA SE REÚNE EM COLÔNIA

Não é apenas na Europa que as idéias nazistas aparecem, mesmo que na maioria das vezes veladamente. Aqui mesmo no Brasil volta e meia surgem rumores sobre esta "idéia doentia" que deveria estar extinta faz tempo, mas conviver com as diferenças realmente é difícil para muitos de nós ainda. Os que se dizem de direita ao extremo nada mais são que pobres seres humanos mortos de medo de se contaminarem com raças diferentes e perderem assim seu jeito orgulhoso de existir e que os faz sentirem-se melhores do que na verdade são. Nenhum de nós tem o direito de assim pensar e proceder, somos todos iguais e com direito de ser e existir desde que respeitemos os que vivem ao nosso redor. [...]
Maria Aparecida Neubaner Luiz





Leia mais