1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Mundo

Crianças francesas reconhecem ex-colega em vídeo do "Estado Islâmico"

Segundo inspetor escolar de Toulouse, menino que aparece em gravação da execução de suposto espião israelense teria 12 anos e frequentou a escola até o ano passado. Ele seria filho de jihadista assassino de sete pessoas.

O menino, que aparentemente

executou um árabe israelense

num vídeo divulgado pela organização terrorista do "Estado Islâmico" (EI) na semana passada, foi reconhecido por antigos colegas de escola na França, noticiaram veículos de comunicação franceses nesta sábado (14/03).

O inspetor escolar do distrito de Haute-Garonne, em Toulouse, Jacques Caillaut, disse que alunos identificaram o menino da gravação como um ex-colega de sala. "Não posso dizer nada no que diz respeito à identificação desta pessoa", afirmou o inspetor. "Apenas que crianças do colégio Vauquelin reconheceram um de seus colegas de classe."

De acordo com a imprensa francesa, o menino de 12 anos de idade seria filho de Mohammed Merah, um jihadista francês que assassinou três soldados, três estudantes e um professor no sul da França, em 2012. O homem que aparece na gravação ao lado do garoto seria o padrasto do garoto.

O vídeo, que mostra a execução de um suposto espião árabe israelense e divulgado pelo EI na última terça-feira, teria sido visto pelos alunos no dia seguinte, relatou o Caillaut. "Há uma criança que não está matriculada na escola Vergers desde 14 de março de 2014, mas não tenho mais detalhes", afirmou.

PV/dpa/afp

Leia mais