1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Alemanha

Criado portal voltado para minorias alemãs em outros países

O ministério alemão do Interior criou, em cooperação com uma associação de minorias étnicas européias, um portal destinado às minorias alemãs em países do continente.

default

Os sórbios ou sorábios estão entre as minorias listadas pelo novo portal

A União Federal das Nacionalidades Européias (FUEN) é uma organização voltada para as minorias étnicas no continente europeu. Sua função é localizar geograficamente onde vivem esses grupos minoritários, bem como as condições legais sob as quais estão submetidos nos países em que vivem.

Na última semana, a organização lançou, em cooperação com o Ministério alemão do Interior, um novo portal contendo informações detalhadas sobre minorias alemãs em toda a Europa. Os organizadores afirmam que pretendem expandir o site, transformando-o numa plataforma online de serviços.

"Se você não tem conhecimento algum acerca desses grupos, precisa adquirir uma visão geral: de onde eles vêm, aspectos históricos, educacionais", diz Frank Nickelsen, secretário-geral da FUEN, principal responsável pela compilação do material do qual o portal é composto. "Num futuro próximo, nosso foco de interesse vai se voltar para assuntos mais específicos, como a educação, a participação política e aspectos religiosos dessas minorias", completa Nickelsen.

Importância crescente da rede

Christoph Bergner, membro da União Democrata Cristã (CDU), o partido da premiê Angela Merkel, afirma que a comunicação virtual desempenha um papel essencial para tais minorias. "A internet vai ter uma importância cada vez maior para as minorias alemãs em outros países, a fim de que elas possam manter suas identidades culturais. Espero que as pessoas troquem experiências e ajudem umas às outras, em caso de dificuldades semelhantes", diz Bergner, que é o encarregado do governo para questões relacionadas a minorias étnicas.

Deutsche Minderheiten - Internet-Portal

Portal documenta minorias alemãs na Europa e deve expandir em breve

Na Dinamarca, França, Polônia, Sérvia, Cazaquistão e Hungria, vivem aproximadamente 2 milhões de pessoas que falam alemão e mantêm a ligação com a cultura do país. O especialista Nickelsen acredita que essas minorias irão discutir no portal recém-inaugurado questões relacionadas às suas posições legais e jurídicas, que diferem de país para país. A idéia é, segundo ele, expandir o projeto, incluindo outras minorias étnicas espalhadas pelo continente.

Fomentar o diálogo

De acordo com Heinrich Hansen, presidente da FUEN, a comunicação com as minorias étnicas vai além do mero interesse acadêmico, podendo contribuir até mesmo para fomentar o diálogo e reduzir a tensão entre grupos étnicos que possuem visões negativas uns dos outros. "Há uma sensação de que todo aquele que é diferente não tem voz. Por isso acredito que precisamos de mais diálogo entre as maiorias e as minorias", observa o especialista.

A meta é fazer com que o novo site conecte diversas minorias étnicas em todo o continente europeu, criando uma verdadeira rede de comunicação entre elas. "Sozinho, você não é ninguém e fica difícil reivindicar seus direitos. O que significa que você precisa de solidariedade", conclui Nickelsen. (sms/sv)

Leia mais