1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Alemanha

Cozinha alemã perde pontos com a crise

O guia gastronômico Gault Millau publicou a sua lista anual dos melhores cozinheiros da Alemanha. Oito mestres-cucas alemães fazem parte da exclusiva elite dos 35 melhores "chefs de cuisine" do mundo.

default

Crise de consumo afetou restaurantes

O cozinheiro Hans Stefan Steinheuer, de Bad Neuenahr, está agora entre os melhores do mundo, segundo o guia gastronômico Gault Millau. Na sua edição de 2004, o guia apresentará Steinheuer, de 44 anos de idade, como um dos mais novos integrantes da lista dos 35 melhores do mundo.

Na Alemanha, oito chefs de cuisine constam desta lista. Isto, contudo, não significa uma tendência positiva de maneira geral: pela primeira vez em 20 anos, a maioria dos templos gourmets alemães perdeu pontos na classificação. Segundo Manfred Kohnke, redator-chefe da edição alemã do guia, "os melhores cozinheiros da Alemanha mantêm o seu nível, mas os demais estão decaindo".

Crise de consumo

Na avaliação dos restaurantes alemães para a sua edição de 2004, o guia Gault Millau deu notas melhores que no ano anterior a 126 cozinheiros. Mas outros 147 caíram na sua classificação. Isto é visto, de certa forma, como uma conseqüência da crise de consumo na Alemanha. Também os gourmets reduziram seus gastos em restaurantes, o que teria refletido negativamente na qualidade dos menus.

De acordo com Manfred Kohnke, há indícios claros de que os hábitos de consumo estão sendo retomados pouco a pouco. Entretanto, só poderão lucrar com isto os restaurantes que mantiverem um programa constante do mais alto nível, advertiu o redator-chefe do Gault Millau.

O melhor do ano

O "cozinheiro do ano", segundo o Gault Millau, é Sven Elverfeld do restaurante Acqua, no Hotel Ritz-Carlton em Wolfsburg. Suas criações exóticas – Fígado de Ganso em Manto de Cacau e Amêndoa ou, por exemplo, Salada de Lavagante com Feijão Preto – são "uma explosão artística, e nunca artificial, de sabor", segundo a justificativa da escolha.

O restaurante Zur alten Post, em Bad Neuenahr – uma pitoresca cidadezinha próxima a Bonn, também foi motivo de elogios, graças ao seu proprietário e chef de cuisine Hans Stefan Steinheuer, classificado como um "virtuose das variações".

Para Manfred Kohnke, porém, o melhor cozinheiro alemão continua sendo Harald Wohlfahrt, do restaurante Schwarzwaldstube, em Baiersbronn: "Ele é insuperável na Alemanha."

Vinicultor do ano

O Gault Millau também coroou o "vinicultor do ano" na Alemanha. A honraria coube Werner Näkel, da cidade de Dernau no vale do Rio Ahr (Estado da Renânia-Palatinado).

Segundo a justificativa da escolha, ninguém influenciou tanto a produção de vinhos tintos de alta qualidade na Alemanha como Werner Näkel. O vinicultor homenageado também produz vinhos em Portugal e na África do Sul.

Leia mais

Links externos