1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Copa do Mundo

Costa Rica vence Uruguai e proporciona primeira "zebra" do Mundial

Costarriquenhos saem atrás no placar, mas buscam virada e deixam uruguaios em missão complicada num grupo que ainda tem Inglaterra e Itália. Celeste sente falta da estrela Luis Suárez, que se recupera de lesão.

Se o Uruguai tinha esperanças de sobreviver no "grupo da morte" e manter vivo o sonho de repetir a façanha de 1950, sabia que um passo fundamental seria vencer a Costa Rica. Os bicampeões mundiais até que começaram bem a partida neste sábado (14/06), no Castelão, mas sofreram a virada (3 a 1) e proporcionaram a primeira "zebra" da Copa de 2014.

Agora, a geração de Lugano e Forlán, que levou o Uruguai ao quarto lugar na Copa de 2010 e ao título da Copa América de 2011, terá que obter bons resultados contra Inglaterra e Itália se não quiser se despedir mais cedo de seu provável último Mundial.

"Ficou muito difícil. Era um jogo crucial, sabíamos que era duríssimo, mas houve o detalhe do fim do jogo e não temos nada que reclamar, eles foram bem", afirmou o capitão Lugano. "Nós poderíamos ter matado o jogo, mas ficamos sem futebol e sem resultado."

Os uruguaios enfrentam a Inglaterra na próxima quinta-feira, em São Paulo. Enquanto os costarriquenhos jogam, no dia seguinte, com a Itália no Recife e tentam se manter com chances de classificação num grupo que tem três campeões mundiais.

WM 2014 Gruppe D 1. Spieltag Uruguay Costa Rica

Cavani comemora seu gol, o único do Uruguai

O placar foi aberto pelo Uruguai, com o artilheiro Edinson Cavani em cobrança de pênalti aos 23 minutos do primeiro tempo. Os costarriquenhos buscaram o empate na segunda etapa, logo aos oito minutos, com Joel Campbell. Após boa jogada pela direita, ele recebeu cruzamento, dominou, chutou forte, e o goleiro Muslera não esboçou reação.

A virada saiu logo quatro minutos depois, com Óscar Duarte, que completou cruzamento de peixinho na segunda trave. O gol levou imediatamente o técnico Óscar Tabárez a fazer alterações, e a seleção uruguaia se lançou à frente. Porém, sem Luis Suárez, que se recupera de lesão, o ataque da Celeste se mostrou inofensivo.

Expostos aos contra-ataques, os uruguaios acabaram levando o terceiro gol. Aos 38, Marcos Ureña, que entrara em campo apenas três minutos antes, recebeu passe em profundidade e tocou na saída de Muslera. Três a um para a Costa Rica, e o sonho de repetir o Maracanazo ficou ainda mais distante.

Ficha técnica

Uruguai 1 x 3 Costa Rica

Local: Estádio do Castelão, Fortaleza

Arbitragem: Felix Brych (Alemanha), auxiliado pelos seus compatriotas Stefan Lupp e Mark Borsch

Gols: Edinson Cavani (pen. 23'/1T), Joel Campbell (8'/2T), Óscar Duarte (12'/2T), Marcos Ureña 38'/2T)

Cartões amarelos: Diego Lugano (4'/2T), Walter Gargano (11'/2T), Martín Cáceres (35'/2T)

Cartão vermelho: Maximiliano Pereira (49'/2T)

Uruguai: Fernando Muslera; Maximiliano Pereira, Diego Lugano, Diego Godín, Martín Cáceres; Walter Gargano (Álvaro González 15'/2T), Egidio Arévalo Rios; Cristian Rodríguez (Abel Hernández, 30'/2T), Christian Stuani; Diego Forlán (Nicolás Lodeiro 14'/2T) e Edinson Cavani. Técnico: Óscar Tabárez.

Costa Rica: Keylor Navas; Óscar Duarte, Giancarlo González, Michael Umaña; Cristian Gamboa, Júnior Díaz, Celso Borges, Yeltsin Tejeda (Jose Miguel Cubero 29'/2T), Bryan Ruiz (Marcos Ureña, 37'/2T), Christian Bolaños (Michael Barrantes 44'/2T); Joel Campbell. Técnico: Jorge Luis Pinto.

WM 2014 Gruppe D 1. Spieltag Uruguay Costa Rica

O atacante Joel Campbell, melhor em campo, chuta para fazer o primeiro gol da Costa Rica

Leia mais