1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Sua Opinião

CORRUPÇÃO NO GOVERNO BRASILEIRO

Nossos leitores comentaram esta semana a corrupção no governo brasileiro, a monocultura, eleições na Alemanha, genocídio dos judeus, Jornada Mundial da Juventude e Thomas Mann. Vale a pena ler!

default

O escândalo do "mensalão" representa a verdade sobre o Partido dos Trabalhadores. Para o governo ter apoio, precisa comprar o Legislativo para poder manter-se no poder. Isso aconteceu com o governo de Fernando Henrique e o PT não tinha outra alternativa. As promessas de campanha foram só fachada. Por trás dos políticos, estão grandes empresários, instituições financeiras nacionais e internacionais, para dizer como o governo tem que trabalhar. O país vai continuar sendo o eterno serviçal do FMI, e quem for contra o "Uncle Sam" será descartado.

Gileno Braga

A esperança é uma das virtudes teologais do cristianismo, juntamente com a fé e a caridade. Uma virtude muito brasileira, que não nos ajuda nem um pouco na política. Uma das coisas que me irrita na política brasileira é que há uma parte expressiva do eleitorado que é pré-racional. Lula diz : "Eu acho que a resposta de Palocci mostrou a segurança de uma pessoa inocente...". Se alguém ficar convencido da inocência de Palocci apenas por ter visto seu discurso no sábado, tal pessoa merece assistir todas as novelas da Globo pela eternidade afora.

É dessa vontade de iludir-se de parte do eleitorado que decorre o poder de convencimento dos chamados "marqueteiros", que se valem dos valores mais caros celebrados pela sociedade, entre eles a esperança, para impingir o lixo político que ora nos enoja.

A camarilha de Dirceu achou que o projeto político de 20 anos no poder justificava misturar-se com a chamada "decadência burguesa" da corrupção. E assim, fez tudo aquilo que os partidos conservadores já faziam há mais de 400 anos, com muito menos competência. É por essas e por outras que muitas vezes eu me sinto cidadão de um país ainda por ser inventado.

Lyndon C. Storch Jr.

Com meus 61 anos, nunca vi corrupção tão grande. Em todas as áreas da administração pública. Poderia ainda ser pior se não tivessem privatizado algumas estatais. O governo de Fernando Collor pode ser considerado como ladrão de galinhas em relação ao atual.

Eduardo Schmalz

O derrame de escândalos no governo Lula está alcançando dimensões preocupantes. A cada dia a Polícia Federal descobre várias provas e evidências da participação de políticos do atual governo em falcatruas gigantescas. Recentemente, a oposição ensaiou um possível pedido de impedimento da continuação do presidente Lula e, conseqüentemente, do Partido dos Trabalhadores. De imediato surgiu então uma preocupação ainda maior: saindo Lula e José de Alencar (vice-presidente), o nosso Brasil seria governado pelo presidente da Câmara dos Deputados, o Sr. Severino Cavalcante, o que seria um caos maior ainda do que o que nos assombra atualmente. Sendo assim, acredito que a oposição preferiu recuar a idéia de afastamento de Lula e "cozinhar em banho maria" esse atual governo até 2006, quando teremos novas eleições presidenciais, confiantes estes, na derrota do Lula, caso este venha a se candidatar novamente. Acredito que vêm mais, muito mais coisas por aí. De forma resumida: "ESTAMOS FRITOS!".

Langliberds de Souza Lima

Lamento imensamente a atual conjuntura brasileira. Embora não sendo eleitor de Lula, torcia pelo sucesso do seu governo, obviamente. Mas uma das razões de não ter votado em Lula foi o seu ar messiânico. Tenho ojeriza de todo demagogo que se coloca como salvador e intocável. E, infelizmente, Lula e o Partido dos Trabalhadores pecaram muito nisso. Nós, brasileiros, temos que evitar a emoção na hora de escolher nossos representantes.

Richard Mathenhauer

AÇÚCAR BRASILEIRO

Os latifundiários da monocultura da cana-de-açúcar são os ganhadores. Mas, de fato, nós somos perdedores pois o modelo pelo qual se produz açúcar no Brasil é: economicamente inviável, politicamente ultrapassado, socialmente caótico, ambientalmente devastador e culturalmente genocida. Como me disse um canavieiro: "Este açúcar tem gosto de sangue". Não tem como concorrer com açúcar produzido por este modelo no Brasil, um modelo que usa a violência que é inerente ao modelo latifundiário, um modelo violento que conta com a impunidade.

Tiago Thorlby

TRANSPORTES FERROVIÁRIOS

Eu trabalho com fornecimento de fontes de energia para rádios e telecomunicações em locomotivas, portanto conheço pessoalmente os modais brasileiros. Estamos defasados uns 50 anos em relação a outros países. Temos que mudar o nosso país para sermos competitivos, principalmente em relação ao transporte ferroviário. A solução seria abrir o país para investidores estrangeiros, que tenham capacidade tecnológica, assim como poder de investimentos. O Brasil tem uma população em torno de 180 milhões de habitantes e dimensão continental, portanto, é o país ideal para investimentos no setor ferroviário, mesmo porque seremos, dentro de pouco tempo, o maior produtor de alimentos no mundo. Espero que nosso governo consiga, através de lei específica aprovada recentemente, viabilisar os projetos para integração do Centro Oeste com os principais portos.

Silvio Ferreira

JORNADA MUNDIAL DA JUVENTUDE

Tenho acompanhado pela imprensa e TV a Jornada Mundial da Juventude que acontece na Renânia e achei curiosa a matéria Hedonismo sacrossanto a gosto. Também em Paris, a imprensa francesa só falava do fracasso de tal evento e de um grupo "voltaireano", que preparava uma megamanisfestação contra João Paulo 2º. Depois veio o assombro, quando viram os milhões de jovens que afluíram à capital francesa e o tal grupo "iluminista", composto por algumas dezenas de pessoas, fazerem uma patética manisfestação, tentando trancar uma das ruas que levaria o papa ao cemitério, onde ele queria visitar seu amigo falecido pouco antes, o Dr. Jerôme Legeune.
A opinião da socióloga Michaele Pfadenhauer e principalmente a do dramaturgo Thomas Ostermeier, e mesmo a visão de grande parte da imprensa alemã, mostram quão destorcida e anacrônica, para não dizer preconceituosa, é a concepção do mundo hodierno.

Também vivi parte daquele tempo de contestação, e nosso profeta-mor, Bob Dylan, nos dizia que tínhamos que agir pela nossa cabeça, pois a geração que controlava o mundo era fascista e retrógrada ( The Times They Are A-Changin'). Era a geração "Paz e Amor". O mundo virou, se libertou e ... melhorou? Não temos paz (haja guerra e terrorismo!) e nem amor. O mundo morre de fome e estamos destruindo o nosso habitat.[...] Não sei o que será desta nossa juventude, mas torço, e muito, que pelo menos uma parte dela não faça as besteiras que fizemos nos anos 60, 70... e que tentem fazer deste mundo um lugar melhor. A fé, a esperança e a caridade cristã são os melhores remédios para nossos males. Os líderes do mundo, penso, têm muito que aprender com o papa.

Fernando A. Batista de Almeida

ELEIÇÕES NA ALEMANHA

Que o atual governo alemão está longe do ideal, é claro, porém o que se tem como oposição é obscuro... Vejam que ecologia é um fantasma real que afronta o mundo inteiro, e quando se busca um exemplo prático para a destruição que se acelera dia a dia como se fosse um fato inevitável, tem-se que recorrer à Alemanha. Seria um verdadeiro desastre econômico, social e ecológico substituir o atual governo alemão pelos atuais opositores.

Paulo de Almeida


GENOCÍDIO JUDEU

Quando leio a respeito deste assunto, sinto-me profundamente envergonhada e enojada de fazer parte da espécie humana. Felizmente, a humanidade não é composta apenas por degenerados, monstros no verdadeiro sentido da palavra. Não sou judia, sou cristã, mas a mim pouco importa se meu vizinho tem a mesma crenca, raça ou cor que eu, a mim interessa que ambos somos filhos do mesmo Deus. Espero que o mundo nunca se esqueça deste episódio da história, bem como de outros, que nos envergonham na mesma intensidade e que ainda ocorrem em pleno século 21, para que finalmente possamos nos orgulhar de fazermos parte da raça humana.

Lucia Petransan

OBRAS DE THOMAS MANN

Li de sua autoria apenas A Montanha Mágica, um livro muito extenso, mas que me entusiasmou deveras, principalmente quando ele analisava temas como tempo, medicina, razão versus espírito. Não sabia de sua homossexualidade, mas uma das partes do livro que mais me intrigava era a comparação que Hans Castorp fazia entre Chauchat e um aluno de ginásio que estudara com ele. Como o próprio Thomas Mann disse, é livro para se ler duas ou mais vezes!

Mauricio