1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Mundo

Corpo de Hugo Chávez não será mais embalsamado

Falecido há mais de dez dias, ex-líder da Venezuela poderá ser enterrado no Panteão Nacional, ao lado do túmulo do herói da independência Simón Bolívar. Milhares acompanharam cortejo fúnebre até o Museu da Revolução.

O corpo do ex-presidente venezuelano Hugo Chávez foi transportado nesta sexta-feira (15/03) da Academia Militar até o Museu da Revolução em Caracas. Milhares de venezuelanos acompanharam os 20 quilômetros do cortejo durante aproximadamente duas horas – dando uma trégua na acalorada campanha eleitoral para escolher o novo presidente do país.

O governo anunciou ter desistido de embalsamar o corpo de Chávez "para a eternidade" – assim como foi feito com o corpo do ex-líder Vladimir Lênin na Rússia – admitindo que o processo não foi iniciado no tempo correto. Além disso, especialistas russos comunicaram às autoridades venezuelanas que o corpo deveria ser levado para a Rússia por até oito meses, a fim de que o procedimento fosse realizado.

"Diante desta informação, o embalsamento ficou descartado", explicou o ministro venezuelano de Comunicação, Ernesto Villegas. Chávez morreu no dia 5 de março, aos 58 anos, vítima de um câncer. Segundo Villegas, o museu ficará aberto para visitação, a fim de que "o povo" possa render homenagens a Chávez.

O museu fica em um prédio vizinho ao palácio presidencial, de onde o ex-presidente governou o país durante 14 anos. O corpo do ex-líder chegou em um caixão coberto com a bandeira da Venezuela e foi recebido com salvas de canhões e por sobrevoos de aviões de caça. O presidente da Bolívia, Evo Morales, participou da cerimônia.

Hugo Chavez Leichnam im Militärmuseum Caracas

Corpo de Chavez ficará no museu até que se altere a Constituição do país

"Hoje começamos uma marcha sem sua presença, mas com você à frente", afirmou o presidente interino Nicolás Maduro na chegada do corpo. "Até a vitória, sempre, querido comandante. Vá em paz", disse.

Integrantes do governo em Caracas confirmaram que o corpo de Chávez deve ficar no local por algum tempo, até que o governo conclua uma reforma constitucional que permita que ele seja enterrado no Panteão Nacional junto ao jazigo de Simón Bolívar, herói da independência da Venezuela e figura adorada por Chávez.

Os funerais de Chávez foram marcados por uma acirrada campanha eleitoral, na qual Maduro, herdeiro político de Chávez, e Henrique Capriles, líder da oposição, se enfrentam duramente. A eleição do novo presidente do país está marcada para o dia 14 de abril.

MSB/dpa/rtr/afp
Revisão: Carlos Albuquerque

Leia mais