1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Mundo

Coreia do Norte testa sete mísseis

Em resposta a exercícios militares conjuntos entre Coreia do Sul e Estados Unidos, Pyongyang lança sete mísseis no mar. Seul diz observar "atentamente" movimentos do vizinho.

A Coreia do Norte lançou sete mísseis terra-ar em direção à costa leste, testes que foram acompanhados de perto pelo ditador Kim Jong-un, segundo informou nesta sexta-feira (13/03) o Ministério da Defesa da Coreia do Sul.

Os mísseis disparados pelo Exército Popular norte-coreano a partir da província de Hamgyong do Sul caíram no Mar do Japão, a 200 quilômetros de distância, entre as 18h e 19h (hora local) de quinta-feira.

As Forças Armadas da Coreia do Sul reforçaram sua "posição de defesa" e afirmaram que "vigiam atentamente" os movimentos do Exército vizinho.

Os testes ocorrem em um momento de aumento da tensão na península devido a exercícios militares conjuntos entre Seul e Washington.

Americanos e sul-coreanos concluíram na quinta-feira seus exercícios militares – o key resolve. Iniciada no dia 2 de março, a manobra tem como objetivo melhorar as capacidades operacionais e de combate de suas forças militares conjuntas, diante de uma eventual ameaça da Coreia do Norte.

O exercício consiste num simulacro de cenários de combate, como, por exemplo, no caso de uma suposta infiltração de tropas do regime de Kim.

O key resolve contou com a participação de cerca de 10 mil soldados sul-coreanos e 8,6 mil americanos. Agora, americanos e sul-coreanos iniciam um segundo exercício militar, chamado de foal eagle, que deve durar até o fim de abril.

Pyongyang reagiu com irritação aos exercícios militares no sul da península, dizendo tratar-se de um treinamento para derrubar seu governo. Seul e Washington negam as acusações, repetidas todos os anos pelo governo norte-coreano. Em 2013, Pyongyang lançou uma forte campanha de ameaças que chegou a despertar receios de um conflito armado.

No início de março, a Coreia do Norte

disparou dois mísseis no mar

, prometendo "ataques impiedosos" contra os dois inimigos.

MSB/lusa/ap

Leia mais