1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Cultura

Coreia do Norte recebe primeiro show de banda ocidental de rock

Controverso grupo Laibach se apresenta para 1.500 pessoas em Pyongyang. Governo norte-coreano, porém, veta músicas e altera projeções de vídeo. Conjunto esloveno é considerado um modelo para a banda alemã Rammstein.

A controversa banda eslovena Laibach realizou, nesta quarta-feira (19/08), um show diante de uma plateia de cerca de 1.500 pessoas em Pyongyang. Foi a primeira apresentação de um grupo de rock ocidental na Coreia do Norte. Visitantes estrangeiros do show relataram que a plateia reagiu de forma positiva, mas também cautelosa. Aproximadamente um décimo do público teria sido formado por estrangeiros – diplomatas, funcionários de organizações não governamentais e turistas.

Laibach combina sons industriais estridentes, muita decoração de aço e vídeos psicodélicos. O grupo formado em 1980 é considerada um modelo para a banda alemã Rammstein. Os eslovenos são controversos, pois expõem símbolos stalinistas e fascistas. Eles chegaram a encenar seus shows como marchas políticas e lançaram uma capa de álbum com suásticas. Críticos acusam a banda de simpatizar com o totalitarismo e glorificá-lo. Já os defensores do grupo estão convencidos de que Laibach estaria zombando das ideologias totalitárias.

O show de 45 minutos em Pyongyang diferiu, em parte, do set regular de músicas da banda. Consequentemente, Laibach tocou vários covers, incluindo canções de The Sound of Music como Edelweiss e Do-Re-Mi – o musical é bastante conhecido na Coreia do Norte. A banda também executou uma canção folclórica do país acompanhada por um pianista norte-coreano.

Nordkorea Musikband Laibach Sänger Morten Traavik

O diretor norueguês Morten Traavik entre guardas de fronteira na zona desmilitarizada entre as duas Coreias

Segundo o portal de notícias 24ur.com, membros do governo da Coreia do Norte não estiveram presentes no show. No entanto, algumas músicas foram vetadas pelo governo poucas horas antes da apresentação – e algumas projeções de vídeo sofreram mudanças.

Laibach planeja um novo show na Coreia do Norte para esta quinta-feira. As apresentações foram organizadas pelo artista norueguês Morten Traavik, que já coordenou diversos outros projetos no país isolado. Segundo Traavik, a banda eslovena foi convidada pessoalmente pelas autoridades para as celebrações do 70º aniversário do fim da Segunda Guerra, quando Pyongyang comemora especialmente a libertação da península coreana da ocupação japonesa.

A banda composta por seis músicos é a primeira de rock ocidental que realizou um show ao vivo na Coreia do Norte. O governo do país restringe fortemente as músicas que os cidadãos podem ouvir. Músicas estrangeiras, no entanto, têm se espalhado pelo país na última década através de pen drives e CDs contrabandeados.

PV/afp/dpa

Leia mais