Coreia do Norte reata linha direta com Coreia do Sul | Notícias e análises internacionais mais importantes do dia | DW | 03.01.2018
  1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Coreia

Coreia do Norte reata linha direta com Coreia do Sul

Depois de quase dois anos de interrupção nas comunicações, reativação ocorre após aceno de Kim Jong-un a Seul em sua mensagem de Ano Novo. Medida poderá resultar em contatos regulares entre os dois lados.

Oficial sul-coreano utiliza linha direta com Coreia do Norte na zona desmilitarizada entre os dois países

Oficial sul-coreano utiliza linha direta com Coreia do Norte na zona desmilitarizada entre os dois países

A Coreia do Norte reativou nesta quarta-feira (03/01) as linhas de comunicação com a Coreia do Sul, após quase dois anos de interrupção. A medida foi divulgada pela imprensa estatal norte-coreana poucos dias após o líder Kim Jong-un expressar em mensagem de Ano Novo sua intenção de retomar o diálogo com o país vizinho.

Nesta terça-feira, o governo sul-coreano havia proposto uma reunião de alto nível entre as autoridades dos dois países, em 9 de janeiro, para dialogar sobre a presença norte-coreana nos Jogos Olímpicos de Inverno. Em seu discurso, Kim Jong-un se pronunciou favorável à participação de atletas de seu país no evento que será realizado em Pyeongchang (Coreia do Sul), entre 9 e 25 de fevereiro.

Leia também: Mais um petroleiro retido rumo à Coreia do Norte

"Ratificando a vontade de nosso líder, manteremos um contato estreito e sincero" disse Ri Son-gwon, presidente do Comitê para a Reunificação Pacífica, a agência norte-coreana que administra assuntos intercoreanos.

"Vamos realizar conversas de trabalho sobre o potencial envio de uma delegação", afirmou, sem no entanto confirmar a realização da reunião proposta por Seul em Panmunjom, na zona desmilitarizada na fronteira entre os dois países.

Yoon Young-chan, porta-voz do presidente sul-coreano, Moon Jae-in, comemorou a notícia em comunicado: "Isso mostra um avanço, para uma situação em que a comunicação seja possível em todos os momentos." O governo sul-coreano informou que os dois países já iniciaram contatos preliminares através da linha de comunicação em Panmunjom.

Autoridades americanas advertiram que não levarão a sério os contatos entre as duas Coreias, caso não resultem em avanços para impedir o programa nuclear de Pyongyang. Seul, porém, avalia que a reabertura da linha de comunicação poderá levar a contatos bilaterais regulares.

Desde que assumiu o governo em maio, o presidente sul-coreano, Moon Jae-in, adotou uma postura favorável à retomada das relações com Pyongyang e de projetos de cooperação entre os dois países.

RC/efe/ap/rtr

----------------

A Deutsche Welle é a emissora internacional da Alemanha e produz jornalismo independente em 30 idiomas. Siga-nos no Facebook | Twitter | YouTube | WhatsApp | App

Leia mais