Coreia do Norte declara luto oficial em homenagem a Fidel | Notícias e análises internacionais mais importantes do dia | DW | 28.11.2016
  1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Mundo

Coreia do Norte declara luto oficial em homenagem a Fidel

Governo de Pyongyang envia delegação de alto nível para funeral do revolucionário cubano. Líderes norte-coreanos dizem que "relações fraternais de amizade" com Cuba permanecerão para sempre.

Pyongyang via em Fidel Castro um aliado contra os Estados Unidos

Pyongyang via em Fidel Castro um aliado contra os Estados Unidos

A Coreia do Norte declarou nesta segunda-feira (28/11) luto oficial de três dias em homenagem ao ex-líder cubano Fidel Castro, que morreu na última sexta-feira.                                                              

Segundo a imprensa estatal, a decisão veio dos escalões mais altos do governo comunista. No período de luto oficial, as bandeiras em locais públicos importantes e edifícios oficais serão hasteadas a meio-mastro.

O governo também enviou uma delegação de alto nível para o funeral de Castro em Havana, visto por Pyongyang como um aliado contra um inimigo em comum: os Estados Unidos. O líder norte-coreano, Kim Jong-un, enviou uma coroa de flores à embaixada cubana no país.

"Os feitos que ele realizou em nome da Revolução Cubana e as relações fraternais de amizade entre os dois países permanecerão para sempre", afirmava uma carta enviada pelo presidente do Parlamento norte-coreano, Kim Yong Nam, e pelo premiê Pak Pong Ju, ao presidente cubano e irmão de Fidel, Raúl Castro.

Segundo uma agência japonesa que monitora a imprensa norte-coreana, Castro é a primeira personalidade política internacional a ser homenageado dessa forma desde a morte do líder palestino Yasser Arafat, em 2004.

Cuba é um dos poucos países em todo o mundo que mantém contatos próximos com o regime norte-coreano. As relações diplomáticas foram estabelecidas em 1960. Em 1896, Fidel Castro viajou à Coreia do Norte em visita oficial.

RC/ap/dpa

Leia mais