1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Mundo

Coreia do Norte coloca de prontidão arsenal nuclear

Em resposta às sanções impostas pela ONU ao país, ditador Kim Jong-un afirma que Pyongyang está a espera de uma ordem para aniquilar inimigo e diz que medida dá início a uma fase muito perigosa.

Em resposta à resolução da ONU, que

endurece as sanções à Coreia do Norte

, o ditador Kim Jong-un ordenou que o arsenal nuclear do país fosse colocado de prontidão para ser usado a qualquer momento, anunciou a agência de notícias estatal KCNA nesta sexta-feira (04/03).

"Devemos estar sempre prontos para utilizar o nosso arsenal nuclear", declarou Kim e acrescentou que a situação na península coreana se tornou tão perigosa, obrigando Pyongyang a adotar essa estratégia militar.

O líder norte-coreano afirmou que a resolução aprovada pela ONU deu início a uma fase muito perigosa. De acordo com a KCNA, as declarações de Kim foram feitas enquanto o ditador supervisionava o exercício dos recém-desenvolvidos lançadores de mísseis.

Segundo Ministério da Defesa da Coreia do Sul, o país vizinho lançou na terça-feira mísseis em direção ao Mar do Japão a partir da localidade de Wonsan, no sudeste do país, e indicou que seis projéteis com um aparente alcance de 100 a 150 quilômetros foram lançados.

Kim disse que o novo lançador de mísseis foi colocado de prontidão, juntamente com armas desenvolvidas recentemente. O ditador afirmou que o país acordou com a resolução impulsionada pelos Estados Unidos e seu aliado Coreia do Sul e está a espera de uma ordem para "aniquilar o inimigo".

O Conselho de Segurança das Nações Unidas aprovou na quarta-feira, em Nova York, uma resolução que impõe duras restrições comerciais ao Estado comunista em resposta aos últimos testes nucleares e de mísseis de longo alcance.

As sanções foram as mais duras até então estabelecidas contra Pyongyang, que executou seu quarto teste nuclear em 06 de janeiro e lançou um foguete de longo alcance no mês passado. Entre outros, A medida impõe a todos os países a inspeção obrigatória de todas as mercadorias com origem ou destinadas à Coreia do Norte e a proibição de entrada nos portos a navios e de voos de aviões suspeitos de transportar bens ilegais para aquele país.

O pacote inclui também a proibição das exportações norte-coreanas de carvão, ferro e minério de ferro, ouro, titânio e minerais raros, assim como a importação de combustível de aviação, incluindo combustível para mísseis.

CN/afp/lusa/rtr

Leia mais