1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Copa do Mundo

Coréia estréia contra Togo querendo repetir 2002

Buscando repetir o feito da Copa de 2002, quando jogando em casa a Coréia do Sul terminou em quarto, a seleção estréia contra Togo. A partida em Frankfurt vale pelo Grupo G, de França e Suíça.

default

Apesar das confusões nos bastidores, Togo conta com o ataque de Adebayor

Os sul-coreanos são mais uma vez comandados por um holandês, desta vez o técnico é Dick Advocaat. Para ele, até o momento da partida os togoleses irão entrar no espírito da competição e estarão concentrados e preparados para o jogo. O meio-campista Baek Ji-hoon tem a mesma opinião. Segundo ele, o fato de Togo estar vivendo uma crise não irá significar que a seleção coreana possa diminuir o ritmo ou jogar desmotivada.

Os sul-coreanos já participaram de seis Copas em sua história (1954, 1986, 1990, 1994, 1998, 2002) e, apesar de terem jogado os cinco últimos Mundiais, só conseguiram vencer seu primeiro jogo na última edição.

A disputa entre Coréia do Sul e Togo será o duelo de goleadores. A Coréia do Sul terá em seu ataque um dos ídolos da história do futebol do país, Ahn Jung-hwan, que atua no Duisburg, da Alemanha. Pela equipe africana, o alto e magro Adebayor terá a chance de mostrar ao mundo todo o futebol que fez dele o maior artilheiro das Eliminatórias da África para a Copa na Alemanha. O jogador, que atua no Arsenal da Inglaterra, marcou 11 gols na disputa.

A equipe oriental tem alguns problemas de lesões. Kim Dong-Jin não vai jogar e Choi Jin-Cheul ainda é dúvida, com problema no joelho. Togo, por outro lado, não enfrenta este problema. No entanto, os últimos três dias foram de confusão na concentração.

Do lado do Togo, os problemas ficam por conta do técnico, o alemão Otto Pfister, que abandonou a equipe por causa de discordâncias entre o time e representantes da seleção. "Quando comecei a ser técnico de Togo, foi prometido a mim que o prêmio para os jogadores seria esclarecido. E isso ainda não aconteceu, então decidi me demitir imediatamente", disse ele. Mas ainda na segunda-feira (12/06), o treinador voltou atrás e decidiu ficar com a equipe durante a competição.

CORÉIA DO SUL x TOGO

Data: 13/06/2006

Local: Estádio da Copa em Frankfurt

Horário: 15h (10h de Brasília)

Árbitro: Graham Poll (Inglaterra)

Auxiliares: Philip Sharp e Glen Turner (ambos ingleses)

Prováveis escalações:

Coréia do Sul

Lee Woon-jae – Cho Won-hee, Kim Jin-kyu, Kim Young-chul, Lee Young-pyo – Kim Nam-il, Lee Eul-yong, Park Ji-Sung, Kim Do-heon – Ahn Jung-hwan e Seol Ki-hyeon

Técnico: Dick Advocaat

Togo

Tchagnirou – Assimiou, Nibombé, Tchangai, Assemoassa – Aziawonou Kaka, Romao, Dossevi, Touré-Mamam – Adebayor e Kader

Técnico: Otto Pfister

Leia mais