1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Economia

Copa do Mundo na Ásia já rendeu o dobro da anterior

A FIFA teve uma boa surpresa com o rendimento do setor de marketing – 640 milhões de dólares – o que deu para cobrir os altos custos da primeira Copa realizada em dois países, e ainda sobrou dinheiro.

default

Entradas para os jogos da Copa

Os negócios em torno da Copa do Mundo vão muito melhor do que esperava a FIFA em suas previsões. "O programa de marketing praticamente duplicou em comparação com o campeonato mundial na França em 1998", disse Patrick Magyar, do marketing da federação mundial, nesta sexta-feira (14), em Seoul. As vendas atingiram um bilhão de francos suíços – o equivalente a 680 milhões de euros ou US$ 640 milhões.

Grande sucesso do site da FIFA – Cerca de 60% dessa importância irão diretamente para o comitê organizador da Copa. Aproximadamente 150 milhões de francos suíços (US$ 96 milhões) foram gastos em projetos de tecnologias de informação, como o novo website da Fifa. Com 800 milhões de cliques, que começaram antes do início do campeonato no Japão e Coréia do Sul, ele é o site de esporte de maior sucesso desde que existe a Internet.

Patrocinadores para 2006 – O comitê alemão que organiza a Copa de 2006 também espera arrecadar uma boa soma com o marketing. "Já foram assinados contratos com 10 dos 15 principais patrocinadores que pretendemos obter", informou Fedor Radmann, responsável pelo setor, em Seoul.

A FIFA tornou a reiterar que não conta com uma redução da receita das licenças de transmissão por tevê. "Temos os contratos com a KirchMedia até então. Não há indício de que os preços possam cair", disse Magyar, diante do processo de insolvência que deverá ser aberto contra a empresa alemã a qualquer momento.

Copa 2002 custou mais de US$ 400 milhões – Para a Copa na Ásia, a FIFA negociou uma garantia de 1,3 bilhão de francos suíços (US$ 833 milhões). Devido às dificuldades de organização do campeonato em dois países, os custos da atual Copa do Mundo duplicaram em relação ao previsto, somando 760,5 milhões de francos suíços (US$ 487 milhões).