1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Copa do Mundo

Copa do Mundo marca o fim da "Era Zidane"

Ícone do futebol francês anunciou na Europa a sua aposentadoria após a disputa do Mundial. Último e único sonho é levar seu país ao bicampeonato em solo alemão.

default

'Zizou' na coletiva que marcou o anúncio

Com 33 anos de idade e mais um ano de contrato com o Real Madrid, Zinedine Zidane resolveu parar. Vai dar descanso aos pés e pendurar as chuteiras após a Copa da Alemanha.

O anúncio, feito nesta semana em Madri, Espanha, não chegou a surpreender. O maior jogador francês da atualidade já dava mostras de que a carreira caminhava para o seu fim. "Sempre fui competitivo e ganhador, mas ultimamente não estava sendo. Esta Copa é meu último e único objetivo", disse.

"Maestro" da França na conquista do título mundial em 1998, quando sua equipe derrotou o Brasil na final, Zidane amarga três anos sem títulos. Ele também conduziu os franceses na Eurocopa de 2000, e marcou um gol histórico com a camisa do Real na decisão da Liga dos Campeões de 2002, contra o Bayer Leverkusen. Seu time sairia como campeão.

Real Madrid - FC Getafe - Zidane und Belenguer

Real de Zidane amarga 'fila'

A falta de títulos recentes, porém, não foi o único motivo pra Zidane anunciar a aposentadoria. As lesões constantes e a evolução do futebol o impedem de prosseguir, acredita o meia que ainda conta com 10 jogos como profissional – três pelo Real e sete pela França (se chegar à final da Copa).

"Tenho de ouvir o meu corpo e não posso continuar por mais um ano. Pode parecer um pouco estranho anunciar isso agora, duas semanas antes do fim do campeonato, mas é uma decisão sobre a qual pensei cuidadosamente e precisava tomá-la antes da Copa do Mundo", comentou.

"Nos últimos dois anos, os resultados nos escaparam. Quando você não atinge seus objetivos, você se questiona. Sei que não posso fazer melhor do que já fiz e, na minha idade, está ficando cada vez mais difícil. Eu não queria passar por mais um ano como os que passei", emendou.

Zidane se tornou o jogador mais caro do mundo ao sair da Juventus e ir para o Real Madrid por 66 milhões de dólares em 2001. É filho de imigrantes argelinos, e já havia dito após a eliminação precoce da França na Eurocopa de 2004 que deixaria a seleção nacional.

Em agosto do ano passado, porém, devido aos problemas da França para se classificar para a Copa do Mundo na Alemanha, ele decidiu que não poderia decepcionar a equipe que comandou por uma década.

Zinedine Zidane stolzgeschwellt

Na França, só Platini supera

Eleito Melhor Jogador Europeu do Ano em 1998 e Melhor Jogador do Ano pela Fifa em 1999, 2000 e 2003, ficou atrás apenas de Michel Platini como o jogador francês mais respeitado.

"Queria que todos soubessem antes da Copa do Mundo, para me dedicar totalmente a isso", argumentou. "É o meu último objetivo e não quero pensar em mais nada".

Copa, Ronaldinho e Brasil

"Zizou", como é carinhosamente chamado, não acredita em surpresas no Mundial e vê a seleção brasileira como a equipe a ser batida na competição.

"O Brasil vem ganhando tudo. É uma competiçao difícil, mas temos nossas chances. Até pode haver alguma equipe revelação em alguns jogos, mas no final sempre ganha um grande, como o Brasil. Vamos ver", afirmou.

O astro francês aproveitou para elogiar o brasileiro Ronaldinho Gaúcho, eleito por duas vezes seguidas como melhor jogador do mundo. "Ele está jogando demais, e vê-lo em ação me maravilha".

Leia mais