Copa de 2022 deve acontecer em novembro | Siga a cobertura dos principais eventos esportivos mundiais | DW | 24.02.2015
  1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Esporte

Copa de 2022 deve acontecer em novembro

Para fugir das temperaturas extremas de junho e julho, verão no Catar, Mundial de futebol deve ser realizado no fim do ano, recomenda força-tarefa da Fifa. Proposta pode ser confirmada em março por comitê executivo.

A força-tarefa da Fifa encarregada de estudar as melhores datas para a realização da Copa do Mundo no Catar, em 2022, recomendou nesta terça-feira (24/02) que o Mundial de futebol seja realizado entre os meses de novembro e dezembro, e não entre junho e julho, como tradicionalmente acontece. A informação foi divulgada pela imprensa em Doha.

O objetivo é evitar o calor extremo nos meses de verão do país, quando as temperaturas ultrapassam os 40ºC. A recomendação ainda precisa ser ratificada pelo comitê executivo da Fifa em março.

Segundo o secretário-geral da Fifa, Jérôme Valcke, transferir a Copa para os dois últimos meses do ano foi a única solução encontrada para evitar problemas com o calor.

O chefe da Confederação Asiática de Futebol, sheik Salman Bin Ebrahim al-Khalifa, também defendeu a alternativa proposta pelo grupo da Fifa. "Algumas pessoas estão preocupadas, mas qualquer que seja a decisão tomada, sempre haverá questionamentos. Temos, porém, que observar o benefício geral a todos", disse.

Segundo Khalifa, não há planos de reduzir de 64 para 32 o número de equipes participando da competição, mas o Mundial deverá ser encurtado em alguns dias.

Agentes da Fifa rejeitaram a possibilidade de realizar a competição entre janeiro e fevereiro, porque as datas se chocariam com os Jogos Olímpicos de Inverno.

Os maiores times do futebol europeu tinham ainda sugerido que as partidas da Copa acontecessem entre o fim de abril e maio, a fim de evitar transtornos às competições nacionais e europeias.

MSB/rtr/dpa

Leia mais