1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Economia

Convergência tecnológica é destaque na CeBIT 2006

Comemorando 20 anos de existência, a maior Feira de Tecnologia de Informação e Comunicação do mundo apresenta as novidades e tendências do setor em Hannover.

default

Feira apresenta as novidades do setor de TI

Em 2006, a CeBIT, a número um das feiras de Tecnologia de Informação e Comunicação, estará aberta de 9 a 15 de março em Hannover, comemorando 20 anos de existência.

Com novidades na área de tecnologia de banda larga, tecnologia Rfid, eletrônica de entretenimento, chips de memória, além de uma nova versão do sistema operacional Windows da Microsoft, a CeBIT conta em 2006 com cerca de 6260 expositores, provenientes de 71 países.

Para a feira deste ano, estão sendo esperados pelo menos 474 mil visitantes, segundo informou a porta-voz da feira, Gabriele Doerries.

Apesar da boa taxa de crescimento do setor e do ânimo que traz a Copa 2006, a concorrência de outras feiras e a evasão de expositores dificultam a vida dos organizadores da CeBIT. Em 2001, por exemplo, ela contou com 841 mil visitantes e 8000 expositores.

Tendências em novas tecnologias

Além do esperado Vista, a nova versão do sistema operacional Windows da Microsoft, novas tecnologias são as principais tendências da CeBIT 2006.

Screenshot Betriebssystem Microsoft Windows Vista

Screenshot do Vista

O Vista deverá ser lançado no mercado a partir do meio do ano. O sistema deverá, entre outros, oferecer uma maior proteção contra vírus e programas espiões. Ver filmes em alta definição também não é mais problema, já que o gerenciamento de direitos digitais é apoiado pelo novo sistema, que também está otimizado para os novos computadores com núcleo duplo, outra novidade da CeBIT.

A verdadeira dimensão da revolução que representa a internet começa a se concretizar. Sistemas de navegação, jogos online, download de imagens e músicas ou de emails através do celular. A telefonia pela internet (voz sobre IP) é uma realidade irreversível e o download de filmes e programas de televisão é uma nova tendência que deverá mudar o padrão de consumo dos telespectadores. Em breve, será lançado o HSDPA, um padrão de banda larga para a telefonia celular.

A convergência entre a tecnologia de computação e a eletrônica de consumo está tão atual como nunca na área do entretenimento. Digital living é como se chama a mostra especial de aparelhos da indústria eletrônica de entretenimento como aparelhos de TV, câmeras para foto e filme, aparelhos de som para automóveis e tocadores MP3, presentes na CeBIT. Gigantes do ramo como a Intel e a Microsoft já estão prontos para um grande avanço também neste setor de mercado.

BdT Vorstellung des Tickets für die WM 2006

Chips Rfid também nos ingressos da Copa 2006

A tecnologia Rfid (identificação por radiofreqüência). Os minúsculos chips, que permitem a transmissão de dados através de ondas, substituirão o código de barras nos supermercados, nos livros das bibliotecas, entre outros. Eles também estarão presentes nos ingressos para a Copa 2006, impedindo assim sua falsificação e já são realidade, na Alemanha, na cobrança de pedágio e no setor de logística e distribuição. A tecnologia Rfid está presente na CeBIT com um espaço próprio de exposição.

Chips de memória flash foram primeiramente utilizados na telefonia celular. Com a redução dos preços e com o aumento da capacidade de memória começou a grande carreira dos chips. Seu uso em tocadores MP3 ou em cartões de memória é só o começo. A fabricante Micron acredita que, em cinco ou seis anos, os chips de memória flash estarão substituindo os discos rígidos dos notebooks.

Concorrência em vez de flores

Entretanto, nem tudo são flores no aniversário de 20 anos da CeBIT. Com a desistência de empresas como a Sony e a E-plus de participarem da feira, o diário Frankfurter Allgemeine Zeitung noticiou que a "CeBIT perde estrelas e estrelinhas" e o Handelsblatt anunciou que o evento "divide o setor", comentando que cada vez mais firmas questionam a relevância da feira.

Além disso, na Alemanha, a CeBIT vem sofrendo forte concorrência de feiras como a IFA (Feira Internacional de Eletrônica de Consumo), o que explica a decisão da CeBIT de atuar também na área da indústria eletrônica de consumo, como no caso do Digital living.

Dr. Sven Prüser Cebit Porträtfoto Deutsche Messe AG

Sven Prueser, novo chefe da CeBIT

Nos EUA, por exemplo, o fabricante Apple apresenta suas novidades somente na sua própria feira, a MacWorld e empresas de software como a Oracle também não estão presentes na CeBIT.

Acredita-se que a recente substituição de Jörg Schomburg, antigo chefe da CeBIT, por Sven Prueser, também se deva ao enfraquecimento do papel da feira nos últimos anos.

Em entrevista à DW-WORLD, o novo diretor da CeBIT, Sven Prueser, comenta que a CeBIT 2006 está sob o "signo da mobilidade" e, quanto à desistência de alguns expositores, ele acrescenta que "é normal que alguns expositores façam uma pausa na feira. Outros como a Ericsson e a AMD acabaram voltando, o que demonstraria que estamos na direção certa".

Leia mais