Commerzbank compra Dresdner Bank | Notícias e análises sobre a economia brasileira e mundial | DW | 31.08.2008
  1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Economia

Commerzbank compra Dresdner Bank

O banco alemão Commerzbank deverá comprar do grupo Allianz o Dresdner Bank por 9,8 bilhões de euros.

default

Sinal verde para a compra do Dresdner Bank pelo Commerzbank

A notícia veiculada neste domingo (31/08) de que o Dresdner Bank deverá ser mesmo vendido ao Commerzbank põe fim a uma tradição bancária de 140 anos – data de existência do Dresdner Bank na Alemanha. A nova instituição financeira, após a compra do Dresdner pelo Commerzbank, deverá se manter somente sob a marca Commerzbank.

Corte de empregos

A confirmação da compra causou insegurança na central sindical Verdi, que teme um corte drástico de postos de trabalho. Segundo a central, é possível que haja uma redução de dez mil empregos. Hoje, o Dresdner Bank emprega aproximadamente 25.400 pessoas.

O grupo Allianz havia comprado o Dresdner Bank em janeiro de 2001 – um investimento altíssimo, que, segundo a direção do grupo, não se mostrou rentável. O banco só conseguiu manter uma margem de lucro após medidas de saneamento das finanças e corte de empregos.

Em função da crise financeira internacional, o Dresdner Bank continuou registrando perdas sensíveis no terceiro trimestre de 2007, o que levou o grupo Allianz a cogitar a venda.

Indenização milionária

Além do Commerzbank, um banco chinês havia demonstrado interesse na compra do Dresdner Bank. A revista Focus afirma que o presidente do Dresdner, Herbert Waler, poderá receber uma indenização no valor de dois milhões de euros, caso o grupo Allianz venda realmente mais de 50% de suas ações do Dresdner. Tais "cláusulas de proteção" são comuns em contratos de executivos do primeiro escalão.

Leia mais