1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Alemanha

Comissão Europeia processa Alemanha por rotas no aeroporto de Berlim

Rotas teriam sido modificadas sem que fossem feitos os estudos ambientais necessários. Governo alemão tem dois meses para se posicionar. Ainda não há previsão para a inauguração do novo aeroporto da capital alemã.

A Comissão Europeia abriu nesta quinta-feira (30/05) um processo contra a Alemanha por causa das rotas de voo do novo aeroporto da capital alemã, o Berlim-Brandemburgo. As autoridades europeias acusam o país de não cumprir normas ambientais. O governo alemão tem dois meses para se posicionar sobre o assunto.

Há suspeitas de que as rotas tenham sido modificadas sem que fossem realizados novos estudos sobre danos ambientais. O último laudo seria de 2004. "As rotas atuais são bem diferentes das planejadas há quase dez anos", disse Janez Potocnik, porta-voz do comissário europeu do Meio Ambiente.

Segundo a Comissão, a Alemanha transgrediu duas normas europeias. Por exemplo, decolagens e aterrissagens podem interferir no habitat de grous e águias-rabalva. "Do jeito que as coisas estão, nós diríamos à Alemanha que parte de suas leis não respeita a legislação ambiental europeia", afirmou um comissário.

Ralf Kunkel, porta-voz do Ministério dos Transportes alemão, afirmou que o processo trata apenas das rotas. "Isso não interfere na conclusão das obras no aeroporto", afirma Kunkel.

O aeroporto em Berlim começou a ser construído em 2006. Diversos problemas na obra adiaram a sua inauguração. Ainda não há uma data prevista para o aeroporto começar a funcionar. O Ministério de Transportes declarou que parte do aeroporto ficará pronta até o final de 2013.

CN/dpa/afp/rtr

Leia mais