1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Mundo

Comissão da UE emprega mais de mil estagiários por ano

A Comissão da UE, em Bruxelas, emprega mais de mil estagiários por ano. Eles vêm de todas as partes do mundo e disputam 16 mil outros candidatos pela experiência de cinco meses, com remuneração mensal de mil euros.

default

1200 estagiários na Comissão da UE, todos os anos

A Comissão da União Européia recebe anualmente cerca de 16 mil currículos de jovens interessados em fazer estágio. Somente 1200 conseguem driblar a concorrência e assumir o posto de estagiário por cinco meses, ganhando salário de mil euros. Todos os anos, nos dias primeiro de março e primeiro de outubro, começa o trabalho.

Para estagiar na Comissão da UE, o candidato precisa se inscrever com seis meses de antecedência em um site na internet. Ensino superior completo e bons conhecimentos lingüísticos são pré-requisitos. Do total de inscritos, de cinco a seis mil são selecionados.

Motivação pessoal

Annemarie Bruggink, coordenadora do escritório de estagiários da Comissão, diz que o importante é saber exatamente onde e por que o candidato quer trabalhar. "A motivação é importante, porque é o único quesito pessoal que podemos analisar. Todo resto são fatos", afirma.

Os currículos dos candidatos pré-selecionados são colocados em um banco de dados, acessado por cada setor na busca por estagiários. Dos quase seis mil inscritos, são escolhidos 1200 para preencher as vagas.

Integração rápida

Uma vez informados sobre o sucesso de sua investida, os estagiários precisam se preparar para uma estadia de cinco meses em Bruxelas, na Bélgica. Assim que o trabalho começa, o processo de integração se dá de forma bastante rápida.

"Cada estagiário assume um determinado posto e é auxiliado ou um funcionário. Ele recebe uma descrição de suas atividades e de suas obrigações e seu conselheiro o guia zela para que ele desempenhe um bom trabalho", afirma Bruggink.

Vontade de ficar mais

Cada estagiário recebe uma remuneração mensal de mil euros, que deve cobrir suas depesas com moradia e alimentação. A maioria mora em repúblicas para estudantes, longe do trabalho e da Place du Luxemburg, onde a vida noturna é mais badalada. Depois de cinco meses de trabalho, é hora de voltar para casa. "A maioria de nós tem vontade de ficar mais um pouco, depois de uma experiência tão boa no exterior. Dói um pouquinho, sim", lamenta Marie Lafite, estagiária da Comissão.

Leia mais